Na espontânea, Beto tem 45%, Gleisi tem 4% e o resto não tem nada. | Fábio Campana

Na espontânea, Beto tem 45%, Gleisi tem 4% e o resto não tem nada.

Por Dimitri do Valle, em matéria na Folha de S.Paulo:

Na consulta espontânea, quando o eleitor é convidado a citar o nome de seu candidato, o tucano aparece de novo em primeiro, ao ser lembrado por 45% dos eleitores. A petista Gleisi Hoffmann fica em segundo, com 4%.

Os outros candidatos mencionados — Fábio Camargo, Reitor Moreira e Bruno Meirinho — não chegam a 1%.

De acordo com o Datafolha, 4% dos entrevistados declararam que vão votar em branco ou nulo ou preferem não escolher nenhum dos candidatos. Os que não sabem somam 6%.


11 comentários

  1. vai ser PG de novo
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 9:52 hs

    Progressão Geométrica…na eleição passada a Gleise tinha 2% na primeira pesquisa e o cara esticada só ganhou por muito pouco nos “currais eleitorais”

  2. alexandre paim
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 10:46 hs

    duas diferenças: o adversário é o Beto e não o Álvaro. Os votos que ela teve na disputa do senado não foram em virtude da sua história política ou do seu astronomico salário em dólares na Itaipu e sim foram de quem não queria o àlvaro no senado.

  3. Deco
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 11:11 hs

    Era outra eleição e outro cenário, lá havia o voto não a Petista Gleisi e sim um voto de rejeição ao Sr. Álvaro que já está desgastado pelo tempo no poder! Com o Beto em Curitiba é diferente, a população está entusiasmada com tantas obras e benefícios sociais recebidos, então ela prefere dar o comando por mais 4 anos para quem provou que promete e cumpre sua palavra, é uma pessoa jovem, dinâmica, entusiasta, por isso Beto Richa será reeleito no 1º Turno, quem viver verá!

  4. Janio Quadros
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 11:12 hs

    Isto significa que metade dos eleitores ainda não sabe em quem vai votar. Nada está definido ainda minha gente!

  5. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 11:38 hs

    Melhor estudar um pouco de Estatística, na eleição para o Senado a rejeição do Álvaro era de 30%, agora a rejeição do Beto não passa de 10%, isso faz uma diferença…
    Claro que é só uma pesquisa e que estamos no começo do processo eleitoral, mas vão ter que criar mais do que factoides para derrubar a popularidade do Beto. Quando ele começar a mostrar na TV o que está sendo feito, vai ficar mais difícil para os adversários.

  6. PARANÁ
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 12:13 hs

    aguardem os debates, 45% na espontania para quem está no poder é muito pouco, ainda mais que os outros candidatos só irão aparecer para os eleitores depois dos debates, tomem cuidado com o já ganhou! e se 30% de rejeição do alvaro dias, resolverem não votarem no candidato que ele apóia que é o beto richa; o que acontece com estas pesquisas, outro detalhe na eleição para o senado, voces estavam todos juntos apoiando alvaro dias, e GLEISI derrotou todos e não será diferente nesta eleição para a prefeitura. AGUARDEM O DESPENCAR DO BETO NAS PESQUISAS.

  7. paim80@hotmail.com
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 13:34 hs

    muito pouco??? voto espontâneo não muda… a pergunta é feita “em quem voce vai votar para prefeito?” e a resposta ja esta na boca do povo….

  8. João
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 14:41 hs

    E começa o arranca-rabo partidário, mesmo em comentários em blogs. Yay!

  9. Hans Biermann
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 16:52 hs

    Estou tentando fechar o somatório das porcentagens. Onde estão o resto dos dados?

  10. jg bandeira
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 16:55 hs

    Hans isso é espontânea, não interessa muito os que responderam “não sei” que é uma grande parte provavelmente. Só esta medindo as pessoas que responderam na lata “beto richa!” ou “gleisi hoffmann!”

  11. lucas pelizaro
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 22:52 hs

    sabe qual o grande alívio dessa eleição? saber que o fábio camargo não tem a menor chance

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*