Kielse pede investigação de empresas fornecedoras da Prefeitura de Curitiba | Fábio Campana

Kielse pede investigação de empresas fornecedoras da Prefeitura de Curitiba

O deputado estadual Cleiton Kielse, do PMDB, candidato a vice de Carlos Moreira e um dos escudeiros de Requião, anunciou que solicitou à Polícia Federal e à Receita Federal investigação oficial para averiguar movimentações financeiras de 15 empresas fornecedoras da Prefeitura de Curitiba nos últimos 30 dias.

Kielse jura que recebeu “denúncias de saques além da normalidade e do translado diário de pessoas a essas empresas buscando pacotes suspeitos”. As denúncias, insinua o deputado, estariam ligadas à mudança repentina na formação do bloco de apoio à reeleição do prefeito Beto Richa.

Se esse é o tom do inicio da guerra de babuínos, imaginem o que virá depois.

Segundo Kielse, é estranha a mudança radical de postura de políticos que estavam determinados a se candidatarem em Curitiba e hoje declaram apoio ao prefeito Beto Richa. Criticavam, segundo o deputado, os investimentos em educação, os congestionamentos e até supostas contratações irregulares de servidores na área de saúde. “Em 24 horas, partidos que eram críticos passaram a declarar que o prefeito é o melhor do mundo. Tudo isso de repente, no apagar das luzes, sendo que não houve nenhuma alteração de candidatura a vice ou algum grande acordo na questão partidária de coligações. Se houve um grande acerto, vamos descobrir”, desconfiou o deputado.

Kielse vai pedir judicialmente que sejam apresentados os números destas empresas através do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) e do banco de dados da Receita Federal. “Fico muito ressabiado como curitibano e como paranaense de um milagre repentino sem uma justificativa muito clara. Um partido, nas eleições passadas, chegou a fazer mais de 20 pontos em Curitiba. Quanto pode valer um apoio desses?”, indagou.

O deputado também quer receber uma explicação formal dos presidentes de partidos em Curitiba sobre quais são as vantagens que seus candidatos a vereador estariam levando nesta coligação. “Quero que justifiquem junto à suas siglas e aos seus liderados. Se houve alguma manipulação, indicação ou venda do partido, que dividam com os candidatos a vereador”, ironizou. Kielse destacou que candidatos a vereador estariam sendo usados e injustiçados, participando de numa composição negativa para suas candidaturas.

O parlamentar acredita que, se os dados forem localizados, a população de Curitiba terá muitas surpresas por meio de decisões do TER, do Tribunal de Justiça e até da Procuradoria da República, com quebras de sigilo bancário e investigações policiais. “Depois disso, salve-se quem puder”, finalizou.


15 comentários

  1. Deco
    quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 10:29 hs

    O “Queoce” será mais um cachorro a fazer parte do canil do dono “Reiqueijão” pois ele já possui o vira-lata “Doanta” e agora adquiriu mais um para o plantel! Fica a pergunta para reflexão: Com tantas denúncias de corrupção dentro da Assembléia Legislativa(Porto de Paranaguá,TVs Laranjas,Cohapar, Paraná Previdência,Tribunal de Contas, Sanepar, Caos na Saúde do Paraná,Caos na Segurança Pública,etc…) será que o dito deputado se empenhou em alguma investigação ou não teve tempo? Vai ver seu dono não tinha soltado ele do canil? Au,Au,Au,Au….Que Medo!

  2. marcos ferreira
    quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 10:37 hs

    ORIGENS,ORIGENS – ESSE MOÇO, KIELSE,
    TEM MUITO A EXPLICAR PARA A SOCIEDADE
    PARANAENSE…A COMEÇAR DA ORIGEM DOS
    RECURSOS COM QUE FAZ CAMPANHA POLÍTICA-ACHAQUE DE PREFEITOS COM
    ALGUM PROBLEMA NO TCONTAS-……

  3. O ônus da prova
    quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 10:45 hs

    O ônus da prova compete a quem acusa, senão é um fato leviano o ato de acusar sem provas, o que dá direito a um bom processo de calúnia e difamação e a outro por crime eleitoral.

    O agrupamento que atualmente o Kielse, ex-lernista, aliás, ex-tudo, faz parte é useiro e vezeiro em caluniar sem provas, vide os processos em que o Requião, “capo tuti capi”, foi condenado.

    O problema é que por resquícios da ditadura geradora dos autoritarismos nos atos inquisitoriais de acusar o oponente sem dar o direito ao contraditório se tornou a prática constante o ato de caluniar, cujo processo de apuração é lento e causa muitos estragos até que a vítima estabeleça as verdades dos fatos.

    Em um processo eleitoral, o que ocorre de forma muito rápida, uma calúnia até ser desmentida pode ter uma ação devastadora, assim causando ao candidato vitimado prejuízos irreparáveis a sua campanha.

    Falar é fácil provar é que é difícil!

  4. Carlinhos Rodrigues
    quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 11:28 hs

    Tava demorando para começar a safadesa, dos mais safados, a choradera dos mais chorões… Isso só mostra a vitória do povo de Curitiba que dá a maior aprovação do Brasil pelo que vem sendo feito em nossa cidade…

  5. FACULDADE DE CAMPINA
    quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 12:14 hs

    ALGUÉM PODERIA ME EXPLICAR, QUANTO A FACULDADE DE KIELSE (EM NOME DA ESPOSA), RECEBEU DA SEED E DA UFPR. QUANTO ELE RECEBEU DO ESQUEMA DOS TERRENOS DA DESAPROPRIAÇÃO SUSPEITA DA SANEPAR???

    SERÁ QUE ELE PENSA QUE TODOS ESTÃO A VENDA? PODEM ATÉ ESTAR PORÉM SE FORAM 14 MILHOES COMO ELE DIVULGOU SAIU BARATO, POIS O QUE A FACULDADE DELE RECEBEU FOI BEM MAIS QUE ISTO!!!

    A CONFERIR!

  6. Teu Pai
    quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 15:00 hs

    Kielse só queremos saber de uma coisa quem vai voltar no Beto richa são os eleitores, eles vão julgar o primeiro mandato do Beto Richa.

    Estranho que a sua pessoa estava fora do ninho e derrepente aparece como vice do Moreira 0,01% e já começou o ódio com o Beto Richa.

    Kielse não foi isso que seu saudoso pai ti ensinou meu filho.

    Kielse o Roberto Requião foi que pediu essa tarefa.

    Kielse deputado és apenas vice, tava fora do ninho, niguém kiss ser vice do derrotado antes do tempo. Agora ser pistoleiro de aluguel, empresas que forneceram matérial para o Beto Trabalhar.
    Kielse assim fica feio, tão derrepente, o Doático já vai fazer esse papel.
    Kielse aceitou para manchar o seu nome?
    Kielse pera ai.
    Kielse, ta muito bem informado, olha.

  7. Voz do Povo
    quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 15:01 hs

    Que faculdade é essa??? Fiquei curioso!

  8. Deputado
    quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 15:59 hs

    Sou seu eleitor, perseguir o Prefeito Beto Richa a pedido do Governador Roberto Requião, pode ter certeza que fará me arrepender do crédito que depositei a sua pessoa.

  9. zezinho
    quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 16:06 hs

    que papel hein kielse,se tirar um raio x do saco do requião tenho certeza que vc apareçe pendurado!!!!!!!!!!!!que feio

  10. quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 21:55 hs

    Que tarefa feia que deram a este menino…cuidado para não se arrepender…

  11. Lionel
    quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 22:12 hs

    Esse Kielse é um exemplo na política do Paraná!
    Exemplo de traia, de sacanagem, de uso do Tribunal de Contas para achacar prefeitos em troca de votos.
    O povo de Curitiba não é burro! Pensa que engana quem?

  12. Professor
    quinta-feira, 3 de julho de 2008 – 23:52 hs

    Vai pra casa Padilha, digo, Kielse.

  13. juca
    terça-feira, 15 de julho de 2008 – 15:37 hs

    não seria mais lucro o requião colocar o Algaci Tulio denovo de vice, ou deixe esse otario do Kielse mesmo!

  14. Ane
    terça-feira, 15 de julho de 2008 – 15:38 hs

    Quem são Moreira e Kielse?Fantoches para o Beto Richa rolar de rir

  15. Cláudio Cruz
    terça-feira, 22 de julho de 2008 – 11:13 hs

    Conheço o deputado Kielse há pelo menos 15 anos. Sujeito trabalhador, íntegro, sério e comprometido com os anseios da população dos municípios que representa.
    Meu voto é no Moreira por causa do Kielse.
    E tenho certeza que muitos pensam da mesma forma…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*