Dr. Rosinha entra na discussão de Itaipu. A favor do Paraguai | Fábio Campana

Dr. Rosinha entra na discussão de Itaipu. A favor do Paraguai

Considerada como “causa nacional” do futuro governo paraguaio, a ser encabeçado pelo ex-bispo Fernando Lugo, a renegociação do Tratado de Itaipu, que já conta com o apoio de organizações civis brasileiras recebe agora o apoio de um deputado brasileiro.

Trata-se do deputado paranaense Florisvaldo Doutor Rosinha Fier, do PT. De acordo com o jornal ABC Color, do Paraguai, o deputado, a exemplo do que argumentam diversos setores paraguaios defensores da renegociação, reiterou que o tratado em questão foi firmado por duas ditaduras, “sem nenhum debate público”, e que o pedido paraguaio de renegociar o tratado “é natural e legítimo. Se provar que há injustiças, é preciso rever o tratado”.


6 comentários

  1. Chrystian Sobania
    quinta-feira, 24 de julho de 2008 – 17:48 hs

    um comunista defendendo o outro

  2. Abadia
    quinta-feira, 24 de julho de 2008 – 17:56 hs

    Ótimo: aproveite, Rosinha, e mude-se para lá.

  3. João
    quinta-feira, 24 de julho de 2008 – 19:45 hs

    Com uma sutileza paquidérmica,

    NÃO ANTES DE 2023, SR. DEPUTADO.

  4. Donizete
    quinta-feira, 24 de julho de 2008 – 21:56 hs

    Esse aí sempre foi contra a gente.

  5. Donizete
    quinta-feira, 24 de julho de 2008 – 22:39 hs

    Bobalhão, ex-pobre, atual aristocrata petista. Só viagem internacional. Grana preta!

  6. Olá XIRÚ DA ONÇA
    sexta-feira, 25 de julho de 2008 – 13:08 hs

    Este não sabe mais o que fazer para aparecer se fosse para mudar era conversado e Não tratado.

    As passagens que usa de brasilia a curitiba, o partamento foi tudo na época da ditadura o salario de deputado, as verbas do gabinete, de correio, tudo criado na época da ditadura

    Quem te viu andando naquele fuca azul calsinha se metendo em movimento sindical que te compre

    PODE IR EMBORA QUE NÃOA VAI FAZER FALTA E que dios te bien diga

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*