Cenas da administração Maurício Requião | Fábio Campana

Cenas da administração Maurício Requião

Requião gosta de dizer que seu irmão Maurício é o melhor secretário de Educação do país. A realidade o desmente mais uma vez. Maurício vai deixar a secretaria para ser conselheiro do Tribunal de Contas e deixa atrás de si as imagens de sua desastrada administração

Um bom exemplo são as obras do que seria a reforma do Colégio Estadual Beatriz Faria Ansay, no bairro Tatuquara, estão paradas desde 2005. Enquanto isso, os estudantes da região são levados para ter aulas em um prédio improvisado, alugado, longe das casas dos alunos.

O prédio improvisado passou a ser chamado de Colégio Beatriz Ansay, o local antigo da escola virou mocó, assustando os moradores. Poderia ser chamado de mocó Mauricio Requião.


16 comentários

  1. Colégio Estadual
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 7:27 hs

    Fábio, não podemos JAMAIS nos esquecer de que outra “grande obra” do Maurício Requião está sendo a desconstrução da qualidade do ensino no Colégio Estadual do Paraná e os processos de 10 dos professores que se atreveram a lutar contra tamanho descalabro.

  2. Jaques
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 8:17 hs

    Uma palavra: DESASTRE

  3. Vinícius
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 8:30 hs

    Desde quando uma palavra de Roberto é verdadeira?

  4. Dedinho
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 8:55 hs

    a capacidade do sr. mauricio foi fartamente medida pelo resultado na eleição ocorrida, que o mesmo precisou do irmão para “ganhar”, ou comprar, uma vaga melhor de emprego. Devemos lembrar dos nomes do deputados, vagabundos, que se venderam para o governador. em 2010 tem eleição.

  5. jango
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 9:11 hs

    E para não deixar esquecido – as tvs laranjas. Denúncia pública de irregularidade na compra do bagulho pela pasta do nepote, ora conselheiro, da empresa Cequipel, sobre o que as ditas autoridades de controle público, principalmente o Ministério Público estadual, fazem silencio obsequiso, afinal, o nepote agora é conselheiro, entrou no círculo da nomenklatura das ditas autoridades de controle público !

  6. Sem maniqueísmo!
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 9:51 hs

    Embora ele, ao contrário do que alguns puxa-sacos dizem que “foi o melhor secretário da Educação em toda a galáxia”, não tenha sido nada de excepcional fez uma administração razoável perto do que a maioria de seus pares no secretariado fez.

  7. professor triste
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 10:18 hs

    é muito triste ver os colégios nas condições que estão, o pior que um dos únicos com condições está sendo depredado na sua maior estrutura, seus professores. Os professores são coagidos, humilhados pela pedagoga Má-dselva (mini mi do mauricio) que se diz democrática.
    Um exemplo de sua democracia..O projeto Político Pedagogico, ela reuniu no calar da noite um petit comite para sacramentar seus descalabros.

  8. servidor
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 10:21 hs

    Os famosos laboratórios de informática que não funcionam, ou melhor somente funcionam se eles não forem utilizados ao mesmo tempo, na terça feira tivemos que ir embora sem terminar pois não funcionava…só travava.
    a culpa é do servidor central…..!!!!!!

  9. Marta Bellini
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 10:51 hs

    No$$a! Não dá para acreditar!

  10. servidor
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 10:56 hs

    A situação dos laboratórios de informática é sofrível por favor faça uma materia sobre esta vergonha

  11. João Alves Santos
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 10:59 hs

    E não dá para esquecer que a maior escola estadual do litoral, a Maria de Lurdes Morozowiski, em Paranaguá, com capacidade para atender três mil alunos, está abandonada há quatro anos. E as promessas de reforma acontecem a cada eleição….
    É o pior governo que já passou pela educação do Paraná…

  12. Fábio
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 11:52 hs

    ouvi falar que será a Madriselva do Colegio Estadual. alguém pode conferir esta informação?

  13. Moshe
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 12:37 hs

    E dizer que o nobre (?) governador se diz “de esquerda”!!! Do quê ou de quem?

  14. Lucas Pelizaro
    sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 15:02 hs

    Então tá tudo em casa: o maior MOCÓ de Curitiba é o Tribunal de Contas do Estado.

  15. Machado
    sábado, 12 de julho de 2008 – 0:04 hs

    Não sou filiado a nenhum partido político e Comecei a dar aulas em1993 numa época em que não existiam livros didáticos senão os comprados muitas vezes em várias prestações por aunos carentes.Falar em computadores e tv pen drive nem se sonhava.funcionários dos serviços gerais,acreditem, ganhavam menos que o salário mínimo…Hoje mais de 2000 escolas têm ,computadores, livros, tvs pen drive e os mesmos funcionários ganham mais que 2 salários mínimos e nunca houve tanta oportunidade de aperfeiçoamento para os professores.No caso do Colégio Beatriz ,que é uma pedra no sapato do governo o problema é a burocracia das licitações sendo que o governo já contratou 2 empresas e ambas abandonaram as obras,não é falta de vontade do governo que durante esse tempo construiu do zero 2 escolas novas na região e com estruturas muito boas:Nirlei Medeiros, no Rio Bonito e outra no Vitória Régia.

  16. Vigilante do Portão
    sábado, 12 de julho de 2008 – 14:01 hs

    Esse é um mentiroso e péssimo administrador. O mano Requião fez bem em dar-lhe um emprego vitalício, pois não conseguiria um trabalho bem remunerado, por falta de capacidade.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*