A terceira geração | Fábio Campana

A terceira geração

Marcello Richa, filho de Beto e neto de José, discursa no lançamento da candidatura de Jair César. Hoje à noite ele inaugura o comitê jovem da campanha, do qual é presidente. Ao seu lado estará Bruno Covas, deputado estadual e neto de Mário Covas, companheiro inseparável de José Richa.


14 comentários

  1. Jose Carlos
    sexta-feira, 18 de julho de 2008 – 12:02 hs

    Mario Covas tem boas ligações com Curitiba. Afinal, a mãe de Covas passou seus últimos anos de vida esquecida no Asilo São Vicente, onde morreu. Os políticos são tão carinhosos…

  2. Bruno
    sexta-feira, 18 de julho de 2008 – 12:15 hs

    Juventude inteligente elege Beto novamente.

  3. Tal Pai Tal Filho
    sexta-feira, 18 de julho de 2008 – 13:46 hs

    Ai da voto com a notoriedade que o Beto Richa tem passou a decência e trabalho para o filho diferente de um tal vugo Apresentador que fez do seu filho um ventricolo.

    Todos os jovens de Curitiba tem inteligência para saber que o Beto Richa é o nosso futuro Prefeito.

    Educação vem de casa.
    Alicerse bem estruturado.
    Isso Pia de verdade, menino bom.

  4. Cadê o arroz fest?
    sexta-feira, 18 de julho de 2008 – 14:07 hs

    Não aparece a cabecinha do Gomyde? Ele não foi também?

  5. Alexandre
    sexta-feira, 18 de julho de 2008 – 15:34 hs

    Belo início desse jovem. Apoiando o que há de mais velho na política de Curitiba. Lançamento de comitê do Jair César? Fala sério? Tenho algum vereador de bairro mais antigo e mais agarrado a qualquer governo que esse. Esse Marcello Richa pode ser novo de idade, mas a política é velha. Vem desde o início da República em 1889. Puro clientelismo e favor de bairro. Por isso, dá-lhe apoio ao coronelismo de bairro de vereadores como o Jair Cézar.

  6. Wladenir
    sexta-feira, 18 de julho de 2008 – 16:09 hs

    São as velhas raposas do rabo felpudo travestidas de juventude. Pobre dos curitibanos que não verão cidade alguma bem planejada para seu futuro, muito menos para sua gente. Duvido que essa gente que há 50 anos (avo, pai, filho, neto) estão na política “por amor a causa pública…” A causa, na verdade – é a própria família

  7. Deco
    sexta-feira, 18 de julho de 2008 – 16:13 hs

    Bom deve ser juventude Petista, aprende tanta coisas boas vindas do partido, imaginem formam desde criança ensinando tudo o que o PT faz no governo, quando a criança já estiver na fase adulta já está pronta! Não precisa treinar? quá,quá,quá….

  8. Juventude petista
    sexta-feira, 18 de julho de 2008 – 17:01 hs

    Este menino é uma peesoa muito humilde e com uma grande preocupação socia, características que herdou odo avô e do pai, e tem mais, não está envolvido com este tipo de falcatruas:

    …”Primeiro Emprego paga churrasco, conhaque e chocolate DE ONG petista (CORRELATA: As suspeitas do TCU contra o Consórcio da Juventude)

    Data: 05/10/2005
    Autor: Ivan Santos
    Fonte: Jornal do Estado

    TCU aponta despesas irregulares em programa gerido por entidade ligada ao PT; dirigente contesta e rebate as acusações

    Relatório do Tribunal de Contas da União aponta que dinheiro do programa Primeiro Emprego repassado pelo Ministério do Trabalho para o Consórcio Social da Juventude, em convênio para a capacitação profissional de jovens carentes em Curitiba, pagou despesas com a aquisição de carne para churrasco, bebidas alcóolicas, além de chocolate e refrigerante para assessores contratados pela Fundação Estadual da Cidadania (FEC). Dirigida por militantes do Partido dos Trabalhadores, a FEC é a ONG responsável pela gestão do projeto. Esses gastos são apenas algumas das irregularidades reveladas pela auditoria do TCU, que indica ainda sonegação de documentos, desvio de finalidade, não comprovação de despesas ou de resultados, pagamentos irregulares a dirigentes e parentes dos mesmos, e indícios de fraudes em licitações no convênio pelo qual a FEC recebeu quase R$ 2 milhões do governo federal. ….

    ….O relatório do TCU aponta pagamentos irregulares de despesas com restaurantes, coquetéis e churrasco. O caso envolve a aquisição de carne e outros produtos no valor total de R$ 766,10, “com o agravante da aquisição de bebida alcoólica que consta da nota fiscal emitida pelo supermercado D´Orla com sede em Guaratuba”.

    A auditoria encontrou ainda o reembolso irregular de despesas a Bruno Vanhoni, sobrinho do deputado, contratado pela FEC para assessorar o convênio, relativas a consumo de chocolate, refrigerante e taxas de serviço no hotel das Américas, de Brasília, no valor de R$ 12,10, além do pagamento de taxa de remarcação de passagem aérea de R$ 40,00.

    Lanches – Entre as despesas suspeitas estão também o gasto de R$ 226 mil para o fornecimento de 144 mil lanches aos alunos e educadores. O TCU viu incompatibilidade entre a quantidade de lanches adquiridos e o número de jovens matriculados, que com a evasão chegou a 600 ao final dos cursos. Segundo o tribunal, isso equivaleria a 1.531 lanches/ao dia em média. E teria havido um superfaturamento de R$ 124 mil, equivalente a de 79.200 vales lanches. Além disso, o relatório aponta que em nove dias úteis de julho a FEC alega ter fornecido 20 mil lanches, o que signficaria uma média de 2.222 lanches ao dia ou 3,7 lanches diários para cada um dos inscritos.”….

    http://celepar7cta.pr.gov.br/mppr/noticiamp.nsf/9401e882a180c9bc03256d790046d022/feb1f7a56dcac74d83257091004cb67c?OpenDocument

  9. Juventude petista
    sexta-feira, 18 de julho de 2008 – 17:01 hs

    8.

    Este menino é uma pessoa muito humilde e com uma grande preocupação social, características que herdou do avô e do pai, e tem mais, não está envolvido com este tipo de falcatruas:

    …”Primeiro Emprego paga churrasco, conhaque e chocolate DE ONG petista (CORRELATA: As suspeitas do TCU contra o Consórcio da Juventude)

    Data: 05/10/2005
    Autor: Ivan Santos
    Fonte: Jornal do Estado

    TCU aponta despesas irregulares em programa gerido por entidade ligada ao PT; dirigente contesta e rebate as acusações

    Relatório do Tribunal de Contas da União aponta que dinheiro do programa Primeiro Emprego repassado pelo Ministério do Trabalho para o Consórcio Social da Juventude, em convênio para a capacitação profissional de jovens carentes em Curitiba, pagou despesas com a aquisição de carne para churrasco, bebidas alcóolicas, além de chocolate e refrigerante para assessores contratados pela Fundação Estadual da Cidadania (FEC). Dirigida por militantes do Partido dos Trabalhadores, a FEC é a ONG responsável pela gestão do projeto. Esses gastos são apenas algumas das irregularidades reveladas pela auditoria do TCU, que indica ainda sonegação de documentos, desvio de finalidade, não comprovação de despesas ou de resultados, pagamentos irregulares a dirigentes e parentes dos mesmos, e indícios de fraudes em licitações no convênio pelo qual a FEC recebeu quase R$ 2 milhões do governo federal. ….

    ….O relatório do TCU aponta pagamentos irregulares de despesas com restaurantes, coquetéis e churrasco. O caso envolve a aquisição de carne e outros produtos no valor total de R$ 766,10, “com o agravante da aquisição de bebida alcoólica que consta da nota fiscal emitida pelo supermercado D´Orla com sede em Guaratuba”.

    A auditoria encontrou ainda o reembolso irregular de despesas a Bruno Vanhoni, sobrinho do deputado, contratado pela FEC para assessorar o convênio, relativas a consumo de chocolate, refrigerante e taxas de serviço no hotel das Américas, de Brasília, no valor de R$ 12,10, além do pagamento de taxa de remarcação de passagem aérea de R$ 40,00.

    Lanches – Entre as despesas suspeitas estão também o gasto de R$ 226 mil para o fornecimento de 144 mil lanches aos alunos e educadores. O TCU viu incompatibilidade entre a quantidade de lanches adquiridos e o número de jovens matriculados, que com a evasão chegou a 600 ao final dos cursos. Segundo o tribunal, isso equivaleria a 1.531 lanches/ao dia em média. E teria havido um superfaturamento de R$ 124 mil, equivalente a de 79.200 vales lanches. Além disso, o relatório aponta que em nove dias úteis de julho a FEC alega ter fornecido 20 mil lanches, o que signficaria uma média de 2.222 lanches ao dia ou 3,7 lanches diários para cada um dos inscritos.”….

    http://celepar7cta.pr.gov.br/mppr/noticiamp.nsf/9401e882a180c9bc03256d790046d022/feb1f7a56dcac74d83257091004cb67c?OpenDocument

    Deixe seu comentário:

  10. SALÁRIO DE VEREADOR
    sexta-feira, 18 de julho de 2008 – 20:06 hs

    ESSE JAIR CEAR É UM PILANTRA QUE NEM MORA MAIS NO BAIRRO ALTO E SE DUVIDAR, O COMITÊ QUE ELES INAUGURARAM NO BAIRRO ALTO, ESTAVA FECHADO A SÉCULOS E É BEM POSSÍVEL QUE HAJA ALGUMA TRAMÓIA DO JAIR CEZAR COM ESTE IMÓVEL, POIS ESSE SAFADO VIVE ESPECULANDO IMÓVEIS NA CIDADE INTEIRA E DESPEJANDO FAMÍLIAS DE SUAS PROPRIEDADES.
    NO MAIS ESSE SAFADO NÃO TERÁ MEU VOTO JAMAIS PORQUE É UM MARIA VAI COM AS OUTRAS E EM MOMENTO ALGUM REPRESENTA O BAIRRO ALTO.
    É UM DOS PILANTRAS QUE VOTOU EM CAUSA PRÓPRIA PARA AUMENTAR O SALÁRIO DE TODO RESTANTE DAQUELA CORJA DE VEREADORES QUE QUERO QUE SAIM IMEDIATAMENTE DA CÂMARA.
    O POVO QUE DÊ O TROCO NELES NAS URNAS.
    AH ! E POR FALAR NISSO, O POVO DO BAIRRO ALTO NÃO É BOBO NÃO E SABE QUE ESSE JAIR CEZAR NUNCA DEU AS CARAS AQUI NA ALBERICO F. BUENO E PORQUE SOMENTE AGORA, ELE APARECE.
    A REFORMA DO COMITÊ ESTÁ SENDO PAGA COM O DINHEIRO DO POVO QUE ELE AUMENTOU EM SEU PRÓPRIO SALÁRIO.

  11. Marcia
    sábado, 19 de julho de 2008 – 11:11 hs

    Graças a Deus Curitiba tem na política gente decente, que faz política de verdade, que se preocupa com o povo e com a cidade como José, Beto, e agora, Marcello Richa. Pessoas de família, do bem, que têm princípios e aprenderam em casa a se preocupar com a vida da população. Que abdicam do seu tempo com a mulher e filhos para trabalhar na política, para trazer uma vida melhor para a população, pois ficar em casa só é muito fácil. Tanto José quanto o Beto fizeram e tem feito muito por Curitiba. Não é a toa que a educação e a saúde foram reconhecidas este ano como sendo a melhor do Brasil, que Curitiba nunca teve tantas obras, que Curitiba teve, por dois anos consecutivos, o seu prefetito reconhecido como o melhor prefeito do Brasil. As pessoas reclamam sem tem motivo, acham que política é assistencialismo como o Lula faz. Não conseguem ver o quanto Curitiba cresce e se destaca como uma das melhores cidades do Brasil. Parabéns Beto e parabéns Marcello. Pude ver você discursando e sei que você tem vocação para a política, que faz isto com amor e através dos princípios que aprendeu desde cedo em casa.

  12. eu, hein!
    sábado, 19 de julho de 2008 – 11:19 hs

    Avô, pai, filho, neto… estamos em uma monarquia.

  13. Sandra
    segunda-feira, 15 de março de 2010 – 23:26 hs

    Pode até ser uma “monarquia”, mas afinal, quem mais interessa-se por politica hoje em dia e é “treinado” desde cedo nesse universo a não ser eles? Taí algo a se pensar: quem hoje em dia, cidadão comum realmente se propõe a fazer algo e mudar alguma coisa? A maioria nem quer saber.

  14. PABUFE
    quinta-feira, 1 de julho de 2010 – 18:33 hs

    Então é esse o piá do Porsche…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*