Uma esperança dos insurgentes do PMDB | Fábio Campana

Uma esperança dos insurgentes do PMDB

Há uma pequena reserva de esperança na turma do PMDB que pretende substituir Carlos Moreira como candidato do partido a prefeito de Curitiba.

O Tribunal de Contas pode condená-lo por aplicação irregular de recursos do programa “Mata Atlântica”, que a Universidade Federal do Paraná desenvolve em Guaraqueçaba. Se condenado, Moreira terá seu nome incluído na lista dos inelegíveis.

Moreira não demonstra preocupação. O processo está nas mãos do conselheiro Hermas Brandão e há dois pareceres internos contraditórios, um da Diretoria de Análise de Transferências, outro do Ministério Público junto ao TC. Qualquer que seja a decisão, ele terá direito a recorrer.


2 comentários

  1. João Melon
    terça-feira, 3 de junho de 2008 – 10:54 hs

    Me diz uma coisa, o que tem o Riquinho e o Piolho a ver com o PMDB? Esse pessoal deveria estar no DEM, no PSDB ou outro partido de direita. Será que eles não se tocam?

  2. Jose Carlos
    terça-feira, 3 de junho de 2008 – 13:41 hs

    Ora, o PMDB o que é senão um balaio de gatos de todas as cores? Lá estão o ex-lernista Greca, muitos ex-canetistas, ex-pimentelistas, ex-neystas, ex-richistas, vira-casacas de todas as matizes ideológicas, oportunistas de todos os lugares da província, entre muitos outros tipos… No âmbito nacional temos o ex-arenista Sarney, entre muitos outros… Assim era o MDB velho de guerra (que nunca foi de guerra, mas sim de velhos e velhacos), com Chagas Freitas na GB; Amaral Peixoto no RJ… Essa é a roça brasileira, em pleno mês de festas juninas…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*