Pedida Comissão Especial de Investigação para a Paraná Previdência | Fábio Campana

Pedida Comissão Especial de Investigação para a Paraná Previdência

O pedido de uma Comissão Especial de Investigação (CEI) para investigar as irregularidades denunciadas na Parana Previdência foi protocolado hoje com 18 assinaturas. A bancada governista pediu para adiar para amanhã a votação.

O deputado Élio Rusch, do DEM, explicou que o principal objetivo da Comissão é apurar a dívida do governo do Estado com o instituto previdenciário dos servidores estaduais, além da falta de repasse de recursos do Estado para a instituição e o gerenciamento do capital da Paraná Previdência.

Rusch acredita que a CEI vai facilitar o acesso às informações e também permitir que sejam ouvidos os diretores e ex-diretores do fundo previdenciário. “A questão envolve a aposentadoria dos servidores públicos e nós deputados estaduais temos a obrigação de fiscalizar”, afirmou.

O deputado lembrou o acordo feito há três semanas com a Liderança do Governo para convidar o presidente e o diretor financeiro da ParanaPrevidência para prestar esclarecimentos na Assembléia. “Pelos obstáculos impostos, fica claro que não há vontade de trazer a diretoria da ParanaPrevidência para dar explicações. Também os pedidos de informações não foram aprovados pelos deputados governistas, por considerarem muito abrangentes. Por isso, não tem outro jeito, a CEI é o caminho”, completou.


3 comentários

  1. Cuidado!!!!!!
    segunda-feira, 16 de junho de 2008 – 21:07 hs

    Derrubaram o Alpendre e a casa caiu!

    DAQUI A POUCO UM OU OUTRO VAI PEDIR O BENEFÍCIO DA DELAÇÃO PREMIADA!

    Este governinho já tem jeito e cheiro de “fim de festa”!

  2. Jondicley Indius
    segunda-feira, 16 de junho de 2008 – 22:11 hs

    Não estou entendendo nada. Os nossos diretores da ParanaPrevidência Francisco Alpendre, o Zé Maria e o Newton Jr fizeram uma reunião com ata assinada e tudo detonando o Mario Lobo por causa das aplicações no Ubs Pactual e sua ida aos EUA. E no final parece que tudo esta dentro da legalidade. Quem estava certo? Não estou entendendo nada.

  3. CLOVIS PENA
    terça-feira, 17 de junho de 2008 – 17:55 hs

    É bom tomar cuidado para a CEI não se pulverizar num emaranhado de assuntos e também que não se transforme em vitrine para candidatos e cabos eleitorais.
    O deputado Élio Rusch, como proponente há de ser o guardião para que o foco não seja desvidado e que táticas regimentais e processuais não maculem os objetivos tão importantes da CEI, se de fato for criada.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*