Parada gay e a redução do preconceito | Fábio Campana

Parada gay e a redução do preconceito

Diminuiu a curiosidade do público, acabaram as polêmicas, o que pode ser interpretado como positiva redução da taxa de preconceito em Curitiba. Segundo os organizadores, 130 mil, segundo a Polícia Militar, dez mil o número de pessoas que participaram da III Parada da Diversidade Sexual de Curitiba, ou Parada Gay.

Divergências à parte, gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros e simpatizantes se reuniram no Largo da Ordem e seguiram pela Avenida Cândido de Abreu com trios elétricos até o Centro Cívico, onde um palco foi montado em frente ao Palácio Iguaçu para shows.


Um comentário

  1. marcos
    segunda-feira, 11 de maio de 2009 – 8:26 hs

    mas o preconceito existe por que eu trabalhava de porteiro no condominio residencial giardino e fui tirado por causa do preconceito do sindico quer dizer o gay hoje nao tem direito a nada

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*