Nada de novo no PMDB. Nem as frases de Requião | Fábio Campana

Nada de novo no PMDB. Nem as frases de Requião

A convenção do PMDB foi rápida. Tempo suficiente para a votação de convencionais de cabresto, para o resultado que todos conheciam há meses e o inevitável discurso de Requião. Monocórdio. As mesmas frases da escolinha contra a imprensa, o neoliberalismo e os inimigos em geral, no atacado e no varejo.

Rocha Loures (foto), o perdedor que sabia que perderia, teve ainda que ouvir convite de Requião para que seja o vice de Carlos Moreira. Pulou fora. Ouça:

Carlos Moreira fez o discurso genérico e promessas de mais obras, justo o forte do adversário Beto Richa. Ouça:


8 comentários

  1. João Paulo Gouveia
    domingo, 15 de junho de 2008 – 19:40 hs

    Impressionaram as palavras do Rocha Loures. Ganhou pontos. Coisa rara hoje em dia.

  2. domingo, 15 de junho de 2008 – 21:55 hs

    E qual a foi a convenção maior? PT ou PMDB?
    E a mais entusiasmada?

  3. Marqueteiro oficial
    segunda-feira, 16 de junho de 2008 – 8:16 hs

    Beleza, agora as coisas estão definidas, a direitalha de um lado, toda unida, e a esquerda de outro lado, representada pela Gleisi e o Moreira. Vamos ver se a diretalha já ganhou, como vem anunciando há várias semanas.

  4. PT
    segunda-feira, 16 de junho de 2008 – 9:23 hs

    Com certeza a do PT, pois o PMDB praticamente não tem mais base social organizada, assim restando os “chacoalhadores de bandeiras” comandados e “patrocinados” pelo Doático.

  5. Doroti Costa
    segunda-feira, 16 de junho de 2008 – 10:43 hs

    Rocha Loures não deve aceitar o pedido. Seria render-se as loucuras do Governador. Depois de ser achincalhado por Doático, com apelidos e outras balelas, tem mais é que virar as costas e voltar para a Câmara dos Deputados onde tem seu trabalho muito bem reconhecido.

  6. Briga em "família"?
    segunda-feira, 16 de junho de 2008 – 10:51 hs

    Em 2005 o Requião, que por sinal tinha com o seu chefe de gabinete o Rodriguinho, disse isto a respeito do Rodrigão Rocha Loures:

    “Ele foi sério e reto, como se espera de um homem que dirige uma entidade como a Federação das Indústrias do Paraná. E hoje está pagando o preço da sua seriedade. Os que nunca investigaram agora simulam investigações e levantam contra ele acusações rigorosamente e absolutamente descabidas”.

    O tempo passou e os dois estiveram envolvidos em um caso nebuloso, o do IBQP, aonde em rumoroso caso foi denunciado a “má aplicação” de milhões do erário paranaense, o que por “coincidência” ocorreu em paralelo ao período eleitoral, no qual o Rodriguinho, que por sinal tem ou teve em seu gabinete o filho do governador, era candidato pelo PMDB em uma campanha nada comedida em seus custos.

    O Rodrigão saí candidato a reeleição na Fiep e o Requião lança um outro candidato a presidência da entidade, o Álvaro Scheffer, o mesmo que antes ele havia por envolvimento em negócios ilegais com madeira, e desanca com a gestão do Loures.
    Neste processo o Rodrigão solta uma nota oficial da FIEP acusando os assessores e secretários de Requião de ameaçarem empresários que apoiavam a chapa situacionista:

    “Como presidente da FIEP e não como candidato fiz questão de demonstrar que a Federação não aceita esse tipo de constrangimento. Como presidente, tinha obrigação de resolver isso e contei com assessoria jurídica antes de tomar essa decisão”.

    É uma briga na “família” ou entre famílias?

  7. BLOG DO RODRIGUINHO.
    segunda-feira, 16 de junho de 2008 – 21:06 hs

    AGORA QUE ACABOU ESSA AVENTURA DO ROCHA LOURES DE QUERER SER CANDIDATO À PREFEITO, QUERO QUE A JUSTIÇA ELEITORAL, CONVERSE COM O CANDIDATO À VEREADOR LEANDRO STAUT QUE APROVEITOU A DISPUTA INTERNA DO PMDB E CRIOU O BLOG OD ROCHA LOURES PARA SUA PROMOÇÃO PESSOAL E PORTANTO CONFIGURA-SE PROPAGANDA EXTEMPORÂNEA EPASSÍVEL DE PUNIÇÃO PELO TRE.
    JUSTIÇA AOS DEMAIS VEREADORES DO PMDB.

  8. QUE SIRVA DE LIÇÃO.
    segunda-feira, 16 de junho de 2008 – 21:16 hs

    AGORA QUE O RODRIGUINHO PLAYBOYZINHO DEU COM OS BURROS NÁGUA QUERO LHE DAR UMA SUGESTÃO.

    SE DESEJA PERMANECER NA POLÍTICA, É BOM QUE VC COMEÇE A PARTICIPAR MAIS DA VIDA PARTIDÁRIA DO SEU PARTIDO PORQUE COM CERTEZA SEI PORQUE PERDEU ESSA CONVENÇÃO.

    PORQUE VC NUNCA DEU BOLA PARA A MILITÂNCIA DO PMDB E ACHOU QUE NUNCA ÍA PRECISAR DELES E QUENDO PRECISOU, JÁ ERA TARDE DEMAIS, FOI EXATAMENTE ISSO.
    A SUA CONSCIÊNCIA SABE DISSO MUITO BEM.

    O PMDB PRECISA DE GENTE QUE VENHA DISCUTIR O PARTIDO E NÃO PESSOAS QUE SÓ APARECEM PARA CRITICAR E NÃO DÃO NENHUM TIPO DE CONTRIBUIÇÃO COMO É O SEU CASO.

    COMO VC É NOVO AINDA, ESPERO QUE APRENDA A LIÇÃO E ACHO QUE TALVEZ O SEU PAI PODERÁ AJUDÁ-LO NESTA MISSÃO DE AMADURECER, POIS PARA MIM, VC DE TANTO QUE NÃO CONHECE A VIDA PARTIDÁRIA, ACHOU QUE TELEFINANDO PARA OS CANDIDATOS À VEREADOR, CONSEGUIRIA SEUS APOIOS E A COISA NÃO É BEM ASSIM.

    FICO EM DÚVIDA SE EM BRASÍLIA VC ATUA DESTA MESMA FORMA, PORQUE SE ATUAR COM CERTEZA, É UM DESASTRE.

    PENSOU QUE A CONVENÇÃO NO LITERÁRIO ERA UMA PASSARELA DE MODA E COMO DISSE UMA VEZ O GRECA: CANDIDATOS DEVEM SER PARA POLÍTICA E NÃO PARA DESFILAR EM PASSARELAS.

    FICA ENTÃO DADO O RECADO.
    ACREDITO QUE SE VC TIVER UM POUCO DE HUMILDADE E SENSIBILIDADE, COMO AINDA É JOVEM, PODERÁ APRENDER UM DIA.

    NUNCA MENOSPREZE AS PESSOAS E NEM AS SUBESTIME.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*