Moreira reconhece equívoco sobre os dados do Ideb | Fábio Campana

Moreira reconhece equívoco sobre os dados do Ideb

Carlos Moreira Junior, candidato do PMDB a prefeito de Curitiba, reconhece que foi apressado e comeu cru na crítica que fez a gestão da educação municipal de Curitiba.

Ele se baseou em dados equivocados e em interpretação açodada do Ideb, Índice de Desenvolvimento da Educação Básica do Ministério de Educação.

Curitiba obteve o índice de 5,2 na avaliação do Ideb feita em 2007, entre alunos de 1ª a 4ª série do ensino fundamental, bem mais que os 4,7 da avaliação anterior. Moreira chegou a divulgar que o índice caíra de 4,7 para 4,2.


7 comentários

  1. Avaliação do Ideb
    domingo, 22 de junho de 2008 – 23:08 hs

    Se o candidato “sem noção” Moreira afirma que o crescimento mostrado por Curitiba no Ideb não é um dado a ser comemorado, logo a sua análise deve ser a mesma para o Paraná. Vai ver que ele nem lembrou que a educação no Estado é de responsabilidade do coordenador da sua (dele) campanha. Mais uma lambança do candidato “sem noção”. Acorda Moreira.

  2. Avaliação do Ideb
    segunda-feira, 23 de junho de 2008 – 0:46 hs

    E como se por acaso ele nao fosse o Reitor da Universidade Federal do Paraná !!
    Quer dizer, a area de trabalho do Moreira, era justamente esta, a Educação.
    Que gafe! Mostrando todo seu despreparo.
    Acorda Moreira!

  3. CLOVIS PENA
    segunda-feira, 23 de junho de 2008 – 5:54 hs

    Se o Prof. Moreira perde pelo desgaste do que fala sem estudar ou conhecer melhor, ganha por outro.
    Mostra humildade. Esta virtude é essencial para quem pensa em fazer uma gestão equilibrada e democrática.

  4. HAVENGAR
    segunda-feira, 23 de junho de 2008 – 10:00 hs

    Afinal ese Moreira é a candidato a que ?

  5. Estudante
    segunda-feira, 23 de junho de 2008 – 10:01 hs

    Este moreira é um idiota, deve estar muito mal assessorado e desesperado porque têm muitos problemas para resolver com a justiça, podendo ter problemas no registro de sua candidatura. sobre aquele assunto dos candidatos com a ficha SUJA a dele é maior que um rolo de papel higiênico de 60 metros. SE VIRA moreira. . .

  6. Mosca Inimiga
    segunda-feira, 23 de junho de 2008 – 11:10 hs

    Estava almoçando na casa do Governador Roberto Requião e la pelas tantas ele desabafa:

    QUE BESTEIRA QUE EU FIZ LANÇAR ESSE ZE ORELHA DO MOREIRA, SABIAM QUE ELE NEM SABE AONDE FICA A PREFEITURA, QUE CARA IDIOTA, NAO SABIA QUE ELE ERA TAO BURRO.
    O pior que não é só isso que o homen e dizinformado não, não sabe nada de política.
    Cola feita de trigo, não cola nunca,
    Moreira liga para um amigo da imprensa e de uma exclusividade, faça o bem para alguém, e declare sua retirada enquanto é tempo.
    A secretária de educação ja ta garantido mesmo, pelo menos nisso mostre que é inteligentemente inteligente.

  7. Fábrica de monstros!
    segunda-feira, 23 de junho de 2008 – 11:20 hs

    O PMDB é uma verdadeira “fábrica de monstros eleitorais”, não por que impõem medo aos adversários, mas pelo fato de criarem personagens “trashs” aos quais os “atores políticos” não conseguem interpretar.

    Uma grande lembrança cômica envolvendo um destes personagens foi a candidatura do Max a prefeito, aquela que ele fez 20.000 votos, aonde empurraram goela abaixo em político de direita um discurso mais radical que o do PSTU.

    Tudo uma “brilhante” criação do Benedito, que tenta também no atual processo assumir o mando na construção do discurso!

    Como fazer um pacato oftalmologista, maçom e oriundo de uma tradicional família curitibana, ficar igual ao “Chávez das Araucárias” é a interrogação?

    O Requião optou pelo Iram para tentar fugir deste mico que é o discurso defasado do Benedito e Cia. e este entra em seu “inferno astral”, já que a pressão do “núcleo duro” na imposição do discurso será a constante.

    Durante a campanha do Max o Requião, mesmo que tenha imposto a linha e o comando “ideológico” da campanha ainda teve a desculpa de que o candidato não era o de seu agrado, assim não tendo de assinar embaixo dos tristes resultados, mas e agora com o Moreira?

    Com tantos “bruxos” querendo “meter as mãos no barro” qual será a aparência final e o comportamento caricato do Golem?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*