Imprensa grampeada | Fábio Campana

Imprensa grampeada

A bancada de oposição vai pedir explicações ao governo Requião sobre as denúncias de escutas telefônicas feitas pela Polícia. Muitas com autorização judicial, mas, segundo a fonte, com telefones de jornalistas, deputados e autoridades penduradas na escuta principal, que pode ser a de um bandido procurado.

A P2, serviço reservado da PM, teria três aparelhos “Guardião”. Ele permite a escuta simultânea de até cem telefones. A isso se somam os grampos ilegais, feitos por grupos privados que cometem crime.

“O descontrole é absoluto”, admite o procurador de Justiça José Carlos Cosenzo sobre a utilização de escutas telefônicas em investigações, numa escala jamais vista no País. São 409 mil grampos que a Justiça autorizou em 2007, média de 1.200 por dia.


Um comentário

  1. INTERNET AO VIVO
    terça-feira, 3 de junho de 2008 – 14:21 hs

    pork o requião não grampeia ele e coloca todas as conversas na escolinha nossa vai dar 99% de audiencia…………………

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*