Gustavo Fruet promete desnudar o governo Requião | Fábio Campana

Gustavo Fruet promete desnudar o governo Requião

O deputado Gustavo Fruet fará amanhã um pronunciamento no plenário da Câmara para denunciar a falta de planejamento, de transparência e de visão de futuro que são as marcas do atual governo do Paraná.

Para o deputado, é hora de pensar numa agenda capaz de levar o Estado a superar o atual período de turbulência e retórica e retomar a visão estratégica e a seriedade na administração pública.

Depois de 20 anos com apenas dois governadores, diz o deputado, começa a surgir no Estado uma nova relação de forças. Mas ela surge num cenário turbulento, marcado pela apreensão com os rumos que o Paraná vem tomando numa administração caracterizada por ausência de visão estratégica, por irregularidades, nepotismo e um grande passivo judicial.

O pronunciamento será feito no Grande Expediente da sessão, que começa às 15h30.


14 comentários

  1. Meçias
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 11:52 hs

    Isso é bom, inclusive ele deve aproveitar a ocasião para prestar contas a patuléia de como ele pagava os salários dos funcionarios dele quando ele era vereador em curitiba.

  2. Nice
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 12:04 hs

    Muito bem Meçias, so pode pegar no rabo dos outros quem não tem.

  3. Vivilante do Portão
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 12:51 hs

    Ótimo, está na hora de virar a página e renovar a política do Paraná.
    Na décade de 1990 estavamos quase alcançando o PIB do Rio Grande do Sul; Agora já vemos Santa Catarina no retrovisor.
    O descaso do governo Requião, envolto em brigas e disputas infrutíferas, não cuida de promover o desenvolvimento do estado.

  4. André Silva
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 13:00 hs

    Pelo amor de Deus Gustavo não desnude o Requião. O cara tá com uma pança de fazer inveja. É melhor que ele fique de roupa, do que com o barrigão de fora desnudo. Se possivel inclusive defenda que ele use um cachecol no pescoço, pois tá com uma papa que é só. Parece aquele papo de peru. Mole e vermelho.

  5. Mas só agora?
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 14:07 hs

    Meçias e Nice sabe que o Fruet provou que era uma emboscadela feita de encomenda pela família Delazari e Requião.
    Os depoimentos falsos cairam por terra e agora as ações judiciais de ressarcimento por dano moral seguem seu trilho.
    Mas a família que adora um grampo e adora a família que contrata grampo telefônico, poderiam explicar o enriquecimento ilícito deles.
    Será que dá para passar num detetor de mentiras?
    Ou as duas famílias apropriam-se do Estado do Paraná para seu bel prazer e o Ministério Público nada faz?

  6. Gustavo to com Voce
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 14:09 hs

    Gustavo Fruet é um orgulho para todos nós paranaenses. É um absurdo como pessoas levianas, possam afrontar a integridade desse homem q vem se demosntrando ser um dos politicos mais descentes, mais compromissado com a ética e com o respeito ao povo do Paraná. Sendo o parlamentar mais atuante e de maior destaque nacional em Brasilia, na Camara de Deputados. Gustavo, assim como com Beto Richa, estou com voce nessa luta contra a podridão que impera, de maneira autoritaria e ditadora, o Governo do nosso Estado. Chega de Requião e de seus capangas… precisamos dar um fim nessa corja que só nos envergonha, com escandalos atras de escandalos. Nos envergonhando semanalmente e o que é pior, a nivel nacional!!
    Acorda, Paraná !!!!

  7. que mala
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 15:20 hs

    Palhaçada. Vem com esse papo de que e o novo. tudo farinha do mesmo saco.. um bando de safados, filhos das oligarquias locais.

    Aí vem esse papinho.. “to com vc betinho”
    “to com vc mauricinho”

    tudo safado. igual a todos os outros.

  8. que mala
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 15:21 hs

    e remelento.

  9. Farinhas
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 17:24 hs

    Lerner e Requião estão há 20 anos no poder. Osmar é irmão de Álvaro, que antecedeu Requião e Lerner. Beto é filho de Zé Richa, que antecedeu Álvaro.

    E Gustavo? Filho do ex-Prefeito “biônico” de Curitiba, o pinguço Maurício Fruet, cria do Zé Richa.

    Cadê a renovação?

  10. Altamiro
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 17:37 hs

    Essas conversas de que vou desnudar, vou denunciar, vou botar prá quebrar enche o saco de qualquer um. Se já sabia por que não desnudou? Qual o motivo de não desnudar? Está certo que o momento é de eleição e passa a valer qualquer golpe da cintura para baixo depois, bem , depois todos se encontram, trocam umas idéias, e como diz Gaspari a patuléia seguirá suas vidinhas sem se dar conta que os arranjos foram satisfatórios. Prá êles, é claro. Pobre política paranaense.

  11. jorge cirino
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 18:07 hs

    Parabéns Altamiro, seu comentário foi na veia, curto e verdadeiro, ninguém aguenta essa históiria de desnudar, desmascarar e blá blá blá…
    O Fruet é um bom moço, sério e competente, assim como o Requião, essa conversa pra boi dormir ninguém mais tem saco..

  12. jango
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 21:48 hs

    O passivo judicial das ações perdidas contra o pedágio é a maior aventura judiciária jamais produzida pelo governo contra o erário público.
    Um levantamento parcial feito pelo Jornal do Estado (veja “Na ponta do lápis”, em 07/10/07) identificou pelo menos quatro casos em que o governo paranaense ou já foi condenado a pagar, ou deve ser cobrado na Justiça por decisões e medidas tomadas na administração Requião, valores que passam de R$ 1,5 bilhão. E não é só isso …
    Mas é preciso um deputado fazer um pronunciamento fora do Estado, na Câmara Federal, porque aqui dentro as ditas autoridades de controle público nada apuram.
    Não é possível conviver com essa anomia !

  13. Geraldo
    quarta-feira, 25 de junho de 2008 – 23:25 hs

    Esse Gustavo até hoje não explicou bem o pagamento de funcionários de seu gabinete na Camara dos Deputados. ë o falso moralista. No governo do Requião empregou a irmã na Secretaria de Planejamento e ninguém tem saudades dela por lá. Ao contrário era insegura e arrogante. parece que assim é na prefeitura. Os funcionários de lá que podem falar. chega dos Fuet.

  14. Fabro
    quinta-feira, 26 de junho de 2008 – 8:58 hs

    O Paraná necessita de renovação e de novas lideranças. Ninguém aguenta mais os irmãos Metralha.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*