Foz do Iguaçu, 94 anos | Fábio Campana

Foz do Iguaçu, 94 anos

Hoje, Foz do Iguaçu completa 94 anos de sua emancipação. A foto é de outubro de 1936. Céu de primavera. O fotógrafo, Harry Schinke, que flagrou a população curiosa com a chegada dos primeiros aviões do Correio Aéreo Militar em seu campo de pouso. Clique aqui para ver outras fotos antigas de Foz na exposição da Guatá Cultural.


4 comentários

  1. CLOVIS PENA
    terça-feira, 10 de junho de 2008 – 6:32 hs

    Nossa Foz das familias Pedroso, Ferreira, Villordo, Schimelpheng, Sotomaior, Rocha Neto, Becker, Machado Nunes, Aguirre, Campana, Mota Machado, Seixas, Nieradka, Orfanaki, Keller, Teixeira, Elfrida Rios, Palma, Anzoategui e outras famílias. Da usina do Armindo Mate e do do Major Castro no hotel Cassino com a rádio cultura. Do cine estar da panificadora marumby, do oeste paraná clube, do Roberto Holler e do Estacho Zambrinzki. Do Manoel Moreira Pena, meu pai.
    Das passagens em canoas a base de remos, para compras de maçã e balas cremalin na Argentina e de calças lee e malas de couro no Paraguai. Nossa Foz, nossa gente!

  2. Ronildo Pimentel
    terça-feira, 10 de junho de 2008 – 8:24 hs

    Oi Fábio, muito legal a exposição, só uma correção, Foz do Iguaçu está completando hoje 94 anos de emancipação política.

    Aliás, quem morou lá não esqueceu jamais. Apesar de não ter nascido iguaçuense, minha filha é, estou totalmente ligado àquela região.

  3. Quem
    terça-feira, 10 de junho de 2008 – 9:41 hs

    Manoel Moreira Pena é nome de Colégio Agrícola.
    Parabéns aos iguaçuenses.
    Pena que a política resuma-se a uma família e todos contra a família.
    Ora ou outra eles estão juntos, mas todos ficam em torno da família Silva.
    Toda processada por improbidade administrativa, vive de liminares, mas a cidade empobrece politicamente.
    E assim a vida na fronteira continua na mediocridade.

  4. João Melon
    terça-feira, 10 de junho de 2008 – 13:14 hs

    É uma pena, uma cidade tão importante como Foz do Iguaçu tem um traste como prefeito. Ou a população muda o alcaíde ou o município estará fadado a fracasso.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*