Em Foz, Câmara instala comissão e pode pedir cassação do prefeito | Fábio Campana

Em Foz, Câmara instala comissão e pode pedir cassação do prefeito

Em Foz do Iguaçu, os vereadores aprovaram por oito votos a cinco a abertura de comissão processante para investigar denúncias de assédio moral do prefeito Paulo Mac Donald Ghisi, do PDT, contra o funcionário José Borges Bonfim Filho.

A comissão tem 90 dias para apresentar um parecer e pode pedir a cassação do prefeito. O prefeito diz que as acusações não têm fundamento e que a abertura da comissão é manobra política em ano eleitoral.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*