Curitiba instala rede de combate à droga | Fábio Campana

Curitiba instala rede de combate à droga

Fernando FrancischiniA Prefeitura de Curitiba lançou ontem à noite a primeira Rede de Colaboração Curitibana e Metropolitana de combate e prevenção às drogas do País. O lançamento foi feito com a certificação de 2,3 mil agentes multiplicadores de informações antidrogas, na Ópera de Arame.

“A rede funcionará de maneira permanente e atuante, participando com denúncias, sugestões ou dúvidas”, afirmou o secretário municipal Antidrogas, Fernando Francischini (foto). Cada colaborador terá um acesso exclusivo a uma central para fazer as denúncias sobre o tráfico de drogas.

A capacitação dos multiplicadores que vão receber a certificação foi feita em maio, em um seminário com o tema o enfrentamento às drogas, feito na igreja Assembléia de Deus, no Centro Cívico. Do seminário participaram 2.000 pessoas, incluindo líderes religiosos, comunitários e empresariais.


5 comentários

  1. CLOVIS PENA
    sexta-feira, 27 de junho de 2008 – 18:17 hs

    Para que todo o esforço da Prefeitura não corra risco de se esvaziar, é importante que a programação da secretaria seja estruturada, desenvolvida e consolidada pela incorporação ao orçamento e amparada por uma Lei Municipal que assegure recursos para a continuidade. O problema das drogas é o maior de todos. É bom que este enfrentamento seja institucional. Que não seja somente em função do esforço individual do secretário.

  2. Arrrelia
    sexta-feira, 27 de junho de 2008 – 20:10 hs

    Agora, a prefeitura também fará mapeamento do crime de trafico de drogas e certamente possiveis” escutas telefonicas”, todas é claro com autorização judicial .Com um software denominado de “salomão” (o que tudo vê), já em uso pela Polícia Federal e agora adquirido pela querida prefeitura de curitiba, o competente delegado federal, Dr. Fernando Francisquini, como Secretario Anti -drogas do Municipío de Curitriba, certamente, fará um trabalho muitissimo eficiente, e deixará muito “ASTRO” com inveja, que terá obrigatoriamente que dividir o brilho dos céus curitibanos com o novo Cometa em pleno curso pelo cruzeiro do sul. Será a decadencia plena da Estrela d’alva, que não admite dividir a GLORIA com ninguém. Com certeza a “Estrela d’alva” fará de tudo para derrubar o Cometa. É bem desse jeitinho……..

  3. CLOVIS PENA
    sábado, 28 de junho de 2008 – 6:25 hs

    O problema assusta. Parece imbatível e maior que todos nós. Se forem eliminadas todas as rivalidades;
    Se todas as instituições se unirem;
    Se todas as instituições públicas e privadas mobilizarem todos os recursos;
    Se forem adotadas as melhores estratégias de ação e os recursos humanos e materiais forem da melhor qualidade;
    Isto tudo será pouco para o enfrentamento. Este flagelo social não é apenas “mais uma ameaça” à humanidade! Vamos pensar grande. Onde está o problema, está a solução.

  4. quarta-feira, 18 de março de 2009 – 12:41 hs

    oi tudo eu sou de jequie na bahia e trabalho com criançâs e adolecentes nas drogas nas escolas e gostaria de ser covidado por voces para conhecer o trabalho de voces na prevesao das drogas pos eu tenho uma associaçâo que trabalho nas escola com vidios e paletras ficarei muito grato a voces

  5. Ramiro Jorge Dantas
    segunda-feira, 18 de maio de 2009 – 11:45 hs

    Olá!acredito muito nas ações implantadas na cidade de curitiba,pois,são ações sérias e bem estudadas.Moro no interior do estado do ceara´em pacajus,e estamos como todo o pais preocupados com o aumento do consumo de drogas.Queria saber da possibilidade de ir até ai,conhecer mais do trabalho desenvolvidos por vocês,pois,estamo stentando implantar em nossa cidade um centro de recuperação para dependentes quimicos.Obrigado!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*