A lista dos deputados paranenses processados | Fábio Campana

A lista dos deputados paranenses processados

Nos últimos nove meses, o Supremo Tribunal Federal promoveu 86 novos processos contra deputados e senadores. São 11 deputados federais paranaenses sob processo ou investigação. No período, o número de investigações saltou de 195 para 281, um aumento de 44%.

A relação dos parlamentares investigados passou de 105 para 143, crescimento de 36,1%, conforme levantamento exclusivo do site Congresso em Foco.

1) Abelardo Lupion, do DEM, Ação Penal 425 – Crime eleitoral.
2) Alceni Guerra, do DEM, licenciado, Ação Penal 433 – Crime contra a administração pública. Ação Penal 436 – Crime contra a fé publica. Falsificação de documento público. Inquérito 2546 – Crime de responsabilidade.
3) Alfredo Kaefer, PSDB, Inquérito 2589 – Crime contra o sistema financeiro. Gestão fraudulenta de instituição financeira. Quadrilha ou bando. Inquérito 2642 – Crime eleitoral.
4) Barbosa Neto, do PDT, pré-candidato à prefeitura de Londrina. Inquérito 2652 – Crime praticados por funcionários públicos contra a administração em geral – peculato.
5) Dilceu Sperafico, do PP, Ação Penal 464 – Crime contra o patrimônio. Inquérito 1705 – Crime contra o patrimônio.
6) Eduardo Sciarra, do DEM, Inquérito 2610 – Crime eleitoral. Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral.
7) Giacobo (PR-PR) Ação Penal 345 – Crime contra a ordem tributária. Ação Penal 360 – Crime contra a pessoa. Seqüestro e cárcere privado. Ação Penal 395 – Crime contra a honra, calúnia, injúria e difamação. Ação Penal 433 – Crime contra a administração pública. Ação Penal 480 – Crimes contra o patrimônio. Inquérito 2712 – Crimes contra a ordem tributária.
8) Nelson Meurer , do PP, Inquérito 2506 – Natureza não informada.
9) Odílio Balbinotti , do PMDB, Inquérito 2423 – Natureza não informada.
10) Takayama (PSC-PR) Inquérito 2652 – Peculato, crime contra ordem tributária e estelionato.
11) Cassio Taniguchi (DEM-PR) – licenciado. Ação Penal 430 – Crime de responsabilidade e crime contra a Lei de Licitações.


5 comentários

  1. Capital Macabro
    sexta-feira, 6 de junho de 2008 – 13:58 hs

    Nossa que coisa feia hemmmmmmmmmmmmmm , então esses são os nossos representantes, mas tem mais gente né? E os 42 deputados estaduais com processos vai se dados os nomes aos bois?

  2. Tedy
    sexta-feira, 6 de junho de 2008 – 17:19 hs

    Dessa lista apresentada, NÃO se salva ninguém! Começa com Peculato e vai até crimes contra o Patrimonio Público.
    Crime Eleitoral e abuso do poder econômico nem se fala. Qdo serão julgados??? Nunca???

  3. zezinho da cidade
    sábado, 7 de junho de 2008 – 23:57 hs

    Perguntar não ofende. E o DOSSIE do vice prefeito,Luciano Ducci, vai ser entregue no Ministério Público? Duro vai ser explicar o milagre da mutiplicação, pra pagar U$ 1500,000.00 na quitinete que comprou. Ai,Ai,Ai

  4. terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 15:04 hs

    na sua lista nao tem ninguem de esquerda que é autal poder do Brasil
    exemplo:PT,PMDB, etc……………………………

  5. NIVALDO GUERIN
    segunda-feira, 13 de abril de 2009 – 15:14 hs

    MUITO IMPORTANTE ESSA MATÉRIA, APESAR QUE DEVE FALTAR ALGUNS NOMES NESSA LISTA.
    GOSTARÍAMOS DE VER A LISTA DOS DEPUTADOS ESTADUAIS, ESTES QUE ESTÃO MAIS PERTO DE NÓS E DAQUI A ALGUNS MESES ESTARÃO IMPLORANDO PELO NOSSO VOTO.

    VAMOS MOSTRAR A VERDADEIRA IMAGEM DESSE POVO QUE SE ACHA INTOCÁVEL.

Um Trackback

  1. Por: Blog do Edson Lima » Saiu lista de parlamentares processados, sexta-feira, 6 de junho de 2008 – 13:14 hs

    […] Confira os nomes: 1) Abelardo Lupion, do DEM, Ação Penal 425 – Crime eleitoral. 2) Alceni Guerra, do DEM, licenciado, Ação Penal 433 – Crime contra a administração pública. Ação Penal 436 – Crime contra a fé publica. Falsificação de documento público. Inquérito 2546 – Crime de responsabilidade. 3) Alfredo Kaefer, PSDB, Inquérito 2589 – Crime contra o sistema financeiro. Gestão fraudulenta de instituição financeira. Quadrilha ou bando. Inquérito 2642 – Crime eleitoral. 4) Barbosa Neto, do PDT, pré-candidato à prefeitura de Londrina. Inquérito 2652 – Crime praticados por funcionários públicos contra a administração em geral – peculato. 5) Dilceu Sperafico, do PP, Ação Penal 464 – Crime contra o patrimônio. Inquérito 1705 – Crime contra o patrimônio. 6) Eduardo Sciarra, do DEM, Inquérito 2610 – Crime eleitoral. Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral. 7) Giacobo (PR-PR) Ação Penal 345 – Crime contra a ordem tributária. Ação Penal 360 – Crime contra a pessoa. Seqüestro e cárcere privado. Ação Penal 395 – Crime contra a honra, calúnia, injúria e difamação. Ação Penal 433 – Crime contra a administração pública. Ação Penal 480 – Crimes contra o patrimônio. Inquérito 2712 – Crimes contra a ordem tributária. Nelson Meurer , do PP, Inquérito 2506 – Natureza não informada. 9) Odílio Balbinotti , do PMDB, Inquérito 2423 – Natureza não informada. 10) Takayama (PSC-PR) Inquérito 2652 – Peculato, crime contra ordem tributária e estelionato. 11) Cassio Taniguchi (DEM-PR) – licenciado. Ação Penal 430 – Crime de responsabilidade e crime contra a Lei de Licitações. (Via Fábio Campana) […]

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*