Soa como deboche | Fábio Campana

Soa como deboche

Jornalistas e funcionários da Paraná Educativa estão irritados com a insistente veiculação na programação da emissora da campanha palaciana intitulada “Trabalho sem carteira assinada não é legal”.

Parece piada. Soa como deboche. Na “poderosa” TV requianista, muitos profissionais, sejam eles jornalistas ou técnicos, são contratados “por fora”, obrigados a cumprir carga horária além do estipulado por lei, não recebem hora-extra e não têm direito a 13.º salário e férias.

O Ministério Público do Trabalho está com processo de investigação em curso.


3 comentários

  1. gilberto vieira (neg
    sexta-feira, 2 de maio de 2008 – 9:55 hs

    trabalhei 5 anos, fui mandado embora e nao recebi nada , fgts, ferias pís, estou disposto a declarar publicamente, inclusive estou na justiça tentando reaver meus direitos.Seu fabio sou o negao da Band ,

  2. Ministério Públicojá
    sexta-feira, 2 de maio de 2008 – 10:22 hs

    Negão da Band – vai para o Ministério Público – Coordenadoria de Defesa do Patrimônio Público.
    Vai lá e conte tudo. Tudo na Rua Vicente Machado e depois dê uma passadinha ali no Ministério Público do Trabalho, perto da Visconde Nacar.
    Dê a sua versão dos fatos e prepare-se para ser ter o dinheiro justo em sua conta e de sua família.

  3. cidadão de olho ...
    terça-feira, 6 de maio de 2008 – 22:56 hs

    e tem mais: em várias secretarias de Estado, os trabalhadores terceirizados são contratados como horistas e não mais por mês.

    E isso nnum governo que diz governar com base na Carta de Puebla, aquela da opção preferencial pelos pobres !

    Cadê os “PALERmentares” do Paraná, que nada fazem, inclusive os da dita oposição e os trabalhistas da situação ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*