PT não consegue impedir posse de procurador na Prefeitura de Curitiba | Fábio Campana

PT não consegue impedir posse de procurador na Prefeitura de Curitiba

Ivan Bonilha e André Passos

Bem que o PT tentou impedir a mudança na Lei Orgânica do município de Curitiba. Alegou inconstitucionalidade e perdeu a parada no Órgão Especial do Tribunal de Justiça.

A nova lei permite que o Procurador do Município, no caso Ivan Bonilha (foto à esquerda), assuma o cargo de prefeito na ausência do titular e de seus quatro sucessores imediatos: o vice, o presidente da Câmara e o primeiro e segundo vices presidentes da Câmara.

O PT pretendia assumir na ausência de Beto Richa. pela lei antiga, na ausência do vice e dos presidente e vices da Câmara, assumiria o vereador mais antigo e desincompatibilizado. No caso, André Passos (foto à direita), dPT.

Os esforços do PT enfrentam, outro obstáculo. O vereador Luís Ernesto, mais antigo que André passos, já anunciou que desiste da reeleição para assumir a prefeitura e impedir a posse do PT caso a Justiça venha a decidir contra a mudança na Lei Orgânica.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*