Nada de novo no front | Fábio Campana

Nada de novo no front

A reunião de hoje dos caciques de partidos de oposição ao governo avaliou a situação em vários municípios da Região Metropolitana, mas não chegou a nenhum resultado objetivo. Todos ficaram de fazer consultas diretas aos seus diretórios municipais para estudar a viabilidade de mudanças na corrida eleitoral.

Em municípios como Colombo, há agravantes. O prefeito J Camargo era do PPS e passou para o PSC, o que mantém Rubens Bueno e sua trupe no outro lado da cerca, na turma que apóia Beti Pavin, do PMDB.

Quanto à Curitiba, está fora da pauta definitivamente. Todos concordam que essa não é a instância para tratar do quadro político da capital.

A próxima reunião será só no dia 30 de maio.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*