Morreu o senador Jefferson Péres | Fábio Campana

Morreu o senador Jefferson Péres

O líder da bancada do PDT no Senado, senador Jefferson Péres, morreu hoje de enfarte fulminante, em sua residência em Manaus, às 6h30, logo depois de tomar café-da-manhã.

Péres, com 76 anos, embora pertencente a um partido da base aliada ao Palácio do Planalto, sempre teve postura crítica em relação ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O primeiro suplente do senador é o também amazonense Erasmo Lins, e o segundo, Jeferson Praia.


6 comentários

  1. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 23 de maio de 2008 – 12:48 hs

    Deve ter morrido de desgosto, por ver o nome do seu PDT enchovalhado pelos vendilhões que ocupam ministério ou se benefiam de falcatruas no BNDES, ajudados pelo Paulinho da Força Sindical.

  2. João Carlos Nicolli
    sexta-feira, 23 de maio de 2008 – 13:01 hs

    O Brasil acaba de perde uma referenci ética, e um amigo da patria… luto pelo Brasil!

  3. carlos h.bueno silva
    sexta-feira, 23 de maio de 2008 – 14:25 hs

    O Brasil perde um dos seus grandes e ardorosos defendores. Pessoas como ele na política são raras. Pena o PDT atualmente ter se vendido ao governo federal, contrariando toda a lição deixada pelo nosso grande líder Brizola. Que Deus o tenha Jeferson Peres.

  4. jango
    sexta-feira, 23 de maio de 2008 – 14:33 hs

    O senador franzino e de fala mansa honrou o seu mandato popular, o Congresso e a nação.
    Seus depoimentos ultimamente mostravam o descalabro em que se tornou o poder legislativo em nosso país.
    Precisamos mais Jefferson Péres e menos mensaleiros, sanguessugas, aloprados e desmemoriados na República.

  5. Roberto Lobo Blasi
    sexta-feira, 23 de maio de 2008 – 14:40 hs

    Na guerra contra a imoralidade pública tombou hoje cedo na frente de batalha,em Manaus, o soldado José Jerfferson Péres que carregava a bandeira da ética, da moralidade e descência pública e da coerência politica. De ordem, cabe ao soldado mais próximo a tarefa de juntar a bandeira e carregar em frente. Vamos aguardar.

  6. Fernando Guimarães
    segunda-feira, 26 de maio de 2008 – 12:41 hs

    Apenas um depoimento sobre o senador. Destas paragens apenas lia e ouvia as manifestações do senador e, após sua morte, as conhecidas homenagens póstumas.
    Aprendi a admirar o caráter desse homem público quando vi esse exemplo de cidadão recusar a oferta de “furar a fila” do check in da TAM (lotado, como sempre) em Manaus, pelo simples fato de ser senador.
    Detalhe – foi atitude real, não demagoga, já que a recusa foi discreta, apenas eu e mais uma pessoa que estavamos próximos testemunhou a frase …” agradeço senhorita, mas aqui sou apenas um cidadão, que chegou tarde na fila, os que me antecedem tem o direito de serem atendidos.”
    Caráter raro, em que os “fura filas” aprendem desde cedo a ultrapassar pelo acostamento, a ignorar filas em mercados, bilheterias, etc….”
    Autoridades nem se fala. Para essas “otoridades” filas são coisas de uma outra dimensão, de outra realidade …. dos mortais.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*