Feijão amigo | Fábio Campana

Feijão amigo


Enquanto Requião viaja e a moçada que ficou se estapeia por conta das aplicações do dinheiro da Paraná Previdência em bancos privados como o Pactual, o presidente do Tribunal de Contas, Nestor Baptista,
onde todo esse imbróglio um dia vai parar, degusta o repasto da confraria Feijão Amigo, no Hotel Bourbon. Na foto, ao lado do secretário de Turismo de Curitiba, Luiz de Carvalho


Um comentário

  1. Paiakan Variza
    quarta-feira, 28 de maio de 2008 – 23:28 hs

    O secretário de turismo, Luiz de Carvalho, o homen das placas e dos foguetes, já está fazendo uma média com o conselheiro, Nestorzinho, chefe do Argileu, para aprovar as contas dos gastos com as famosas placas de sinalizacão mais caras do Brasil,e os famosos foguetes,( gastou uma fortuna, queimou e ninguem viu ), pelo valor das placas e dos foguetes, vai ter que comer muito feijão, e gastar muita saliva e outras cozitas mas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*