Do espeto corrido ao foie gras | Fábio Campana

Do espeto corrido ao foie gras


O deputado Elio Rusch, do DEM, ficou pasmo com os gastos da diretoria da Cohapar em restaurantes caríssimos de Curitiba e de outras cidades.

Para ele, prova do bom gosto de Rafael Greca de Macedo, pois os gastos da época de Luís Cláudio Romanelli eram concentrados em restaurantes mais baratos, especialmente em churrascarias de espeto corrido.

Ao mesmo tempo, diz Rusch, é um indicador do comportamento geral da direção que levou a empresa à situação de pré-falência.

R$ 20 mil de gastos em refeições em apenas 11 meses é a conta do presidente.


10 comentários

  1. terça-feira, 13 de maio de 2008 – 12:32 hs

    Será que os restaurantes Ille de France e o Country Club aceitam vale refeição ? eu acho que não, e parece que o rombo da Cohapar é muito maior.
    Quanto desmando; quanta incompetência, quanta falta de gerenciamento, quanta falta de administração.

    GRECA ESTA NA HORA DE SE MEXER, VAMOS SANEAR A CIA, MOSTRE PULSO FIRME, MOSTRE CORAGEM, REESTRUTURE A COHAPAR, PROFISSIONALIZE A CIA, SEJA UM ADMINISTRADOR ACIMA DE POLÍTICO.

  2. rodrigo
    terça-feira, 13 de maio de 2008 – 14:20 hs

    por isso que o greca tá uma bola!

  3. Glauceste Saturno
    terça-feira, 13 de maio de 2008 – 14:28 hs

    POR ISSO QUE O “RAFINHA” TÁ BEM MAIS RECHONCHUDO DO QUE NA FOTO ACIMA.

    DO “ILE DE FRANCE” DEVE TER NOTAS ÀS PENCAS.

  4. Antonio C
    terça-feira, 13 de maio de 2008 – 15:57 hs

    Se aqui ele gastou isso quanto nao foi o conta das 3 viagens a Italia ” 3 des de que assumiu a presidencia da Cia”….. é uma festa só….

  5. jura
    terça-feira, 13 de maio de 2008 – 16:30 hs

    Por isso que sumiu aqui da sauna…nunca mais veio…o paulão e o nego formiga…também querem receber

  6. Cajucy Cajuman
    terça-feira, 13 de maio de 2008 – 19:39 hs

    Não sejam injustos com o Rafael, ex-prefeito curitibano e que com sua Margarita faziam o glamour da Sorricap, como diria o saudoso colunista Dino Almeida.

    Rafael vem de bom berço, tem estirpe, bom paladar e ótima oratória. Ta certo que por razões outras perdeu muito de sua popularidade junto à opinião pública.

    Mas, não perdeu o apetite por iguarias finas. É natural. Tem momentos que o recomendado é comer frango frito em Santa Felicidade. Noutros, um espeto corrido resolve.

    Mas, para quem provou desde o berço o melhor da gastronomia não vai se contentar com o trivial, quando o chique do Greca vem da alma. É mais forte do que ele. Pena que nesses casos quem paga a conta é o erário…

    O povo, bem, o povo se deslumbra, principalmente ali na região de Guaraituba… O povo pobre fica fascinado com o banquete dos poderosos!

  7. miguel machado
    terça-feira, 13 de maio de 2008 – 20:52 hs

    da-lhe Greca… Que apetite.
    Mas porque será que pararam de falar em seu nome para a disputa da prefeitura? Certamente nao foi por causa de foie gras…

  8. quarta-feira, 14 de maio de 2008 – 13:18 hs

    Porque a Margarita Sanssone não sai da sala do Rafael Grecca, ela não trabalha, uma vez que tem cargo comissionado do Governo, será que ela está controlando os 30 cargos que ela indicou para a Cohapar com altos salários e que também não trabalham, ou será que ela está preparando juntamente com a Diretora de Projetos novo roteiro de viagem do avião da alegria.Só quero saber uma coisa QUEM VAI SALVAR A COHAPAR??????

  9. blbl
    quarta-feira, 14 de maio de 2008 – 18:04 hs

    toma la da ca

  10. Antonio C
    quarta-feira, 14 de maio de 2008 – 20:46 hs

    Pq o gov nao faz nada com o gordinho? Sera q tem o rabo preso. O gordinho so faz “caca”

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*