Atirou na Ruth, acertou em Álvaro | Fábio Campana

Atirou na Ruth, acertou em Álvaro

O melhor comentário sobre o papel de Alvaro Dias nesse episódio sórdido do vazamento do dossiê de despesas pessoais do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e sua mulher Dona Ruth, é de Rogério Distéfano (foto) em seu MaxBlog.

“Ia começar assim: não dá pra entender o Brasil! José Aparecido Nunes Pires, funcionário da Casa Civil, petista histórico – daqueles que não soltam um pum básico e inodoro sem consultar José Dirceu -, montou o dossiê Ruth Cardoso e vazou para assessor de Álvaro Dias, fero senador da oposição. Alhos com bagulhos, leite com óleo de rícino, não dá, pensei. Dá, sim. Não pelo Aparecido, mas por Álvaro, um craque em conciliar o impossível. Ou tem coisa entre Aparecido e o assessor de Álvaro: os dois trocavam e-mails, conversavam pelo MSN, deviam ligar um pro outro do orelhão da esquina. Desconfio que o dossiê foi enviado ao assessor de Álvaro num torpedo da TIM.”


2 comentários

  1. jango
    sexta-feira, 9 de maio de 2008 – 16:27 hs

    Mas, alguém mandou e alguém se abaixou. Ou não ?

  2. CLOVIS PENA
    sábado, 10 de maio de 2008 – 11:20 hs

    Agiu no cumprimento do ser dever legal……pediu para não revelar a fonte…..
    Convicções e atitudes reveladas como estas mostram pérolas na criatividade ao interpretar as leis e as atitudes. Depende de onde está localizado o analista. Calma! Vamos ouvir a polícia, o ministério público e depois o judiciário. A manifestação pública é necessária quando ocorre uma acusação grave. Mas, é bom lembrar que em questões processuais o povo foi muito bem instruído com o lamentável episódio da morte de Isabella. Vamos ouvir quem entende do assunto, com isenção mas como eleitores críticos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*