As informações sobre cartões corporativos de Requião chegaram à Assembléia | Fábio Campana

As informações sobre cartões corporativos de Requião chegaram à Assembléia

Acabam de chegar à Assembléia Legislativa, as informações sobre os cartões corporativos do governo Requião.

São 120 caixas com milhares de dados sobre os gastos com despesas pessoais e funcionais no Estado. O governo procurou evitar a entrega desses dados durante muito tempo.

Valdir Rossoni estuda a maneira mais rápida de auditar a papelada.


3 comentários

  1. CLOVIS PENA
    quarta-feira, 21 de maio de 2008 – 12:09 hs

    O significado deste gesto tem muitas conotações. O legislativo deve requer objetivamente informações sobre quando, o que, como e por que houve uma despesa específica. Viagem ao Paraguai dos dias tais e tais, jantar no restaurante tal em dia tal. Do contrário isto poderá virar em nada. Se a abundância de papel foi necessária ou se foi uma estratégia para conturbar o andamento e as finalidades do pedido de informações. Há casos em que a apuração de responsabilidade do autor ocorreu após o desfrute do mandato. Não serviu para nada. A farra foi adiante. Ou teremos acomodação negociada? Nariz de palhaço para o eleitor.

  2. kakunbang
    quarta-feira, 21 de maio de 2008 – 12:24 hs

    O Rossoni agora é fiscal do povo ou isso é sómente uma piada.

  3. O que será que tem?
    quarta-feira, 21 de maio de 2008 – 13:38 hs

    Será que encontraram sutiãs como os do Rusch?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*