83% dos alunos têm professor insatisfeito | Fábio Campana

83% dos alunos têm professor insatisfeito

Deu na Folha de São Paulo

De Antônio Góis:

Os professores brasileiros, com exceção apenas de seus colegas uruguaios, são os mais insatisfeitos com seus salários, segundo um relatório divulgado ontem pela Unesco, no comparativo entre 11 países em desenvolvimento. No estudo, 83% dos alunos do ensino primário (equivalente, no caso brasileiro, aos quatro primeiros anos do ensino fundamental) estão em classes cujos docentes se declararam insatisfeitos com os salários.

O relatório também mostra, como já evidenciado em outros estudos da Unesco, que as taxas de repetência no ensino primário no Brasil destoam, e muito, das de outros países. No Brasil, a repetência chega a 19% dos alunos no ensino primário, mais que o dobro da verificada no segundo país com maior percentual, o Peru, com 8,8%.


4 comentários

  1. CLOVIS PENA
    quinta-feira, 29 de maio de 2008 – 9:16 hs

    Penso que o atual ministro é dos melhores que o Brasil já teve. Mas, os problemas da educação são enormes em vista do histórico débito dos governos com esta área fundamental. A insatisfação em grande parte se deve às soluções necessárias no atacado, que estão ocorrendo para atender grandes contingentes de jovens excluídos. Há necessidade de se pensar e adotar medidas mais vigorosas na qualidade da educação. Vale dizer: ensino, pesquisa e extensão. Pela Lei são indissociáveis mas na prática isto raramente ocorre. Uma escola de professores já foi iniciada no Paraná. Lá no faxinal do céu. Qual o investimento atual ? Alguém podería falar com clareza e objetividade do plano de educação para o Paraná?

  2. Colégio Estadual
    quinta-feira, 29 de maio de 2008 – 9:55 hs

    Clovis Pena, se vc conhecesse o que realmente está acontecendo no Colégio Estadual do Paraná conheceria bem concretamente o plano de educação para o Paraná…

  3. ema fortes
    quinta-feira, 29 de maio de 2008 – 10:47 hs

    O PLANO É…INICIAR AS AULAS COM AS ESCOLAS SEM MANUTENÇÃO, LIMPEZA,MERENDA E MATERIAL ESCOLAR; FINGIR QUE PRIVILEGIA OS
    PROFESSORES COM AUMENTO , EM
    DETRIMENTO DOS DEMAIS SEGMENTOS DO FUNCIONALISMO;
    COLOCAR ÁULICOS NOS CARGOS COMISSIONADOS DA EDUCAÇÃO, SEM
    PREPARO, SEM CARÁTER, SEM MORAL;DAR O EXEMPLO SUPERIOR EM
    MANIPULAÇÃO DE LICITAÇÕES, COMO
    FORMA DE FAZER ESCOLA ENTRE OS
    MEMBROS DA EQUIPE OFICIAL,……………………………………………………….

  4. Orquidea
    quinta-feira, 29 de maio de 2008 – 19:02 hs

    O problema não é a repetênia, como estas pessoas falam~, apenas para desviar o foco e começar a aprovar a todos. Temos que os preocupar em melhorar a qualidade da educação, se algumas crianças ou alunos de medicina não estudaram o suficiente, devem sim aprender primeiro, para depois prosseguir para o próximo passo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*