Sobre a inexistência dos atrasos | Fábio Campana

Sobre a inexistência dos atrasos

“Não existe obra atrasada. Existem etapas a serem vencidas. O que as pessoas gostariam é que o presidente anunciasse a obra num dia, ela começasse no dia seguinte, e no outro estivesse pronta. Mas é preciso que o município apresente o projeto, que a Caixa Econômica assine, que sejam feitas as licitações.”

Do Ministro das Cidades, Marcio Fortes de Almeida, sobre os boatos de atraso das obras do PAC em Curitiba.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*