Sinais de burrice e decadência | Fábio Campana

Sinais de burrice e decadência

Rafael Iatauro, chefe da Casa Civil de Roberto Requião, que disputou a presidência da Federação paranaense de Futebol, teve derrota acachapante. Iatauro perdeu de 66 a 27 para Hélio Cury, em mais um marco da decadência política do grupo liderado pelo governador.

Decadência do prestígio do governo e evidente decadência da capacidade de raciocinar. Em outras palavras, burrice. Só a decadência explica a decisão de um governo de se meter em disputa na Federação Paranaense de Futebol.

Mais que uma derrota de Iatauro, que pretendia fazer da eleição na Federação a plataforma para o lançamento de sua candidatura a deputado federal em 2010, o revés foi do grupo que segue Requião.

Ainda ontem os marqueteiros do Duce tentavam fazer valer a versão de que o governador nada teve a ver e nem se interessa pela política no futebol. A derrota, diziam eles, era de Iatauro e de Gomyde. Difícil é fazer esquecer recente visita de Requião & cartolas ao presidente da CBF, onde ele se encarregou de apresentar Iatauro como futuro presidente da Federação a Ricardo Teixeira.

Naquela oportunidade, Requião tinha certeza absoluta de que Rafael Iatauro seria vitorioso. Chegou a garantir a Ricardo Teixeira que Onaireves Rolim de Moura, o presidente deposto e levado á prisão por má administração da federação, era sua responsabilidade e o faria apoiar Iatauro.

Tanta soberba deu em nada. Requião foi derrotado por diferença tão grande que sua chapa nem pode questionar a vitória do adversário, que teve o apoio de todos os seus adversários políticos. Para estes, teve sabor de revanche. São os tempos. A decadência. A burrice.


5 comentários

  1. Jose Carlos
    sábado, 19 de abril de 2008 – 14:53 hs

    Mello e Silva está cercado de estafermos e paspalhos. Os melhores – se é que haviam – deixaram seu governo e sua companhia faz tempo… sobrou o rebotalho, a escumalha, os parentes ineptos e fracassados em suas vidas profissionais, que não conseguem outro emprego e os herdeiros-milionários desocupados que gostam da corte e de serem espezinhados e humilhados…. Uma mistura e tanto….

  2. Marilia de Dirceu
    sábado, 19 de abril de 2008 – 15:38 hs

    CARÍSSIMOS, É APENAS A PONTINHA DO ICEBERG. QUEM VIVER VERÁ….

  3. Nice
    sábado, 19 de abril de 2008 – 18:03 hs

    Decadencia e burrice o Sr.Fábio Campana. é especialista, onde o sr. Viu o Governador pedir para alguém votar no Iatauro.

  4. cidadão de olho ...
    domingo, 20 de abril de 2008 – 0:22 hs

    Nice, oi acorda ! Voce nada sabe da vida e da política ou está querendo enrolar-nos ?

    Todos sabemos que os políticos e seus partidos procuram alongar seus tentáculos por todos os espaços da sociedade, a fim aumentar e garantir sua influência e poder.

    E não só os políticos que assim agem, os empresários e outros grupo de interesses, também !

    Se não sabes, digo-te: os políticos não só buscam ganhar eleições de times e federações de futebol, mas também compram rádios, tv´s e jornais …

    Até as igrejas buscam esse caminho, a fim de aumentar seu raio de influência …por exemplo: na Igreja (Bispo Edir Macedo -Record) e na política (Ratinho Pai e JR – TV Massa – SBT-PR) !

    Nada de mal, só precisam ser mais honestos e transparentes e menos hipócritas, ou seja, devem assumir que assim fazem e pronto …

    No mais, o cidadão e eleitor é quem deve ficar de ôlho e mente bem abertos … para não serem enganados por lobos vestidos com peles de ovelhas … .

  5. Nice
    domingo, 20 de abril de 2008 – 13:05 hs

    Concordo com tudo o que voce falou Cidadão, é assim mesmo infelizmente que o mundo roda o grande sempre esta abocanhando o pequeno e iludindo os menos esclarecidos.O que eu não concordo é que todos os males que o Sr. Campana ve no mundo ele quer creditar ao Requião, que no meu ver é sem dúvida o melhor Governador que o Paraná já teve. Claro que o Governador também erra mas os seus acertos em favor do Paraná são bem maiores.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*