Gleisi tenta convencer Bueno a manter a candidatura | Fábio Campana

Gleisi tenta convencer Bueno a manter a candidatura

A candidata do PT, Gleisi Hoffmann, acompanhada de seu marido, Paulo Bernardo, esteve com Rubens Bueno, para convencê-lo a manter sua candidatura a prefeito de Curitiba.

Os estrategistas do PT consideram fundamental a candidatura de Bueno para forçar o segundo turno ans eleições deste ano.

Também procuraram o deputado Carlos Simões, do PR, com o mesmo objetivo. Mas por enquanto só estão seguros de que o deputado ratinho Junior, do PSC, manterá sua posição de candidato.


5 comentários

  1. Acordaram meio tarde
    segunda-feira, 28 de abril de 2008 – 21:39 hs

    Estavam pensando que tinham o “rei na barriga”, mas não passou de uma enorme solitária…….

  2. CLOVIS PENA
    terça-feira, 29 de abril de 2008 – 6:49 hs

    É bom o pessoal do PT fazer tudo direitinho aqui na Província. A situação atual sugere que, como o Beto não é inimigo de Lula, o acerto maior ocorrerá depois das eleições municipais. Eles sabem que, nesse período pós eleitoral, existirão excelentes cargos federais em vias de vacância….

  3. Ronaldo
    terça-feira, 29 de abril de 2008 – 8:38 hs

    Com o Carlos Massa JR. vou até o fim. Grande político. Fora Richa…

  4. Meussias Maulina
    terça-feira, 29 de abril de 2008 – 12:55 hs

    Não perca tempo Gleisi. O Rubens Bueno, Carlos Simões e Ratinho não são candidatos. Alem do que Gleisi voce não ve que tem muito petista trabalhando contra voce dentro do PT? Querem matar o Paulo Bernardo e sua turma para 2010. Acorda Gleisi, se ficar na mão dessa gente esta fadada a um desastre.

  5. Senhor K.
    terça-feira, 29 de abril de 2008 – 22:24 hs

    O Meussias Maulina tem razão. A campanha da GLEISI vai de mal a pior – sem uma ação certeira, cheio de aulicos derrotados e pra piorar, não consegue coordenar corretamente as coisas. O que poderia ser uma esperança para Curitiba, infelizmente por incompetencia, Má fé ou seja lá o que for, corre o risco de se tornar um FIASCO TOTAL.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*