Wilson Bueno | Fábio Campana

Wilson Bueno

wilson_bueno.jpgO escritor Wilson Bueno continua matando a província de inveja. O motivo mais recente é a resenha de A copista de Kafka publicada no jornal O Globo. Do blog do cartunista Solda:

Acabei de ler a resenha que a jornalista Rozine Aline, professora da UniCarioca, escreveu sobre A copista de Kafka (Ed. Planeta), livro de Wilson Bueno que acaba de chegar às livrarias. Está publicada no caderno Prosa e Verso, na edição deste sábado, n´O Globo. O mínimo que a articulista diz é que “a narrativa de Bueno ilumina de forma envolvente a rotina que move o ser humano”.

De elogios em elogios, a análise não deixa dúvida de que se trata de um grande lançamento literário na área da ficção: “A escrita elegante e cadente dá ritmo, sons, cores e odores que ultrapassam a página de papel e se inscrevem em nossa pele sorrateiramente”. Se tivesse a mesma cotação dos filmes, no setor de cinema, o tradicional bonequinho estaria aplaudindo em pé.

Toninho Vaz, de Santa Teresa.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*