Só resta o Paraguai | Fábio Campana

Só resta o Paraguai

Aírton Pisseti não conseguiu convencer nem mesmo o Tribunal de Contas de que sua fórmula para licitar a grana da propaganda legal do governo era boa.

Boa para quem, cara pálida? Perguntaram os conselheiros do Tribunal, seus técnicos, assessores, consultores, auditores que entendem do assunto.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*