Requião recebe apoio de estudantes | Fábio Campana

Requião recebe apoio de estudantes

Dirigentes da UNE e da UBES entregaram hoje, na escolinha, nota de solidariedade ao governador Roberto Requião que, segundo os estudantes, estaria sofrendo censura imposta por decisão do desembargador federal Edgard Lippmann Junior.

A decisão da Justiça Federal é aquela que impede Requião de atacar desafetos e fazer promoção pessoal pela Rádio e pela TV Educativa.


9 comentários

  1. TBGUY21
    terça-feira, 11 de março de 2008 – 13:48 hs

    Como sempre … VENDIDOS! Bando de pseudo intelectuais com mentalidade de MST.

  2. Waldir de Oliveira
    terça-feira, 11 de março de 2008 – 14:14 hs

    Há se as “carteiras” falassem, e olha que não me refiro as carteiras onde deveriam estar sentado estes “estudantes”.

  3. Ralph
    terça-feira, 11 de março de 2008 – 15:44 hs

    Proponho uma dissertação de mestrado:
    Pegue todos os componentes a UNE dos últimos 15 (quinze anos) em diversas universidades do país. Analise a média de tempo que esses alunos levaram para se formar, assim como as médias das notas desses alunos comparados com o restante.
    Eu já perdi uma vaga numa entrevista de emprego quando me perguntaram: – O quê você acha do movimento estudantil?
    Respondi: – É um bando de vagabundos.
    Continuo pensando o mesmo e, pior, dá até para provar.

  4. Professor
    terça-feira, 11 de março de 2008 – 17:24 hs

    Que vergonha!
    Tão jovens e sem nenhum interesse em lutar pela democracia, só lutam pela liberdade de expressão dos seus.
    Que pena!!!

  5. O outro professor
    terça-feira, 11 de março de 2008 – 20:17 hs

    Os quatro comentários feitos nesta coluna, que parecem ter sido feitos pelo mesmo autor, explicam o resultado da pesquisa IBOPE, que afirma que 40% dos estudantes de nível superior deste pais apoiam a tortura.
    Só para lembrar para os que sofreram nos carceres e tiveram suas unhas arrancadas que eles permanecem vivos.
    Fabio eu estou preocupado com o perfil dos leitores do seu blog, voce não era deste time!

  6. Waldir de Oliveira
    quarta-feira, 12 de março de 2008 – 13:37 hs

    Não sei o que o “outro professor” esta falando nem quem ele é, mas não gostaria de ter um filho meu, seu aluno. Concordar com o que vem acontecendo, é no mínimo omissão. No comentário vem o meu nome, e perdoe-me “outro professor”, por eu ser apenas um caminhoneiro, trabalhador, e compartilhar com Vossa Senhoria, embora esporádicamente da leitura deste interessante Blog. Meus respeitos aos professores deste país, independente de suas posições políticas partidárias.

  7. jezebel
    quarta-feira, 12 de março de 2008 – 13:59 hs

    Grande professor acima, os leitores estão de acordo com o escritor e dono do blog que um dia dizia-se da esquerda e hoje anda nas saias do neoliberalismo apoiando o PSDB e o DEM que ja foi PFL que ja foi PDS que ja foi ARENA que perseguiu quem buscava a liberdade de expressão para que pessoas como ele pudessem ter um espaço como esse pra expor suas opiniões, os tempos mudam porém o que não deveria mudar são as idéias e as convicções das pessoas mas mesmo entristecidos temos que respeita-los.

  8. Indio
    quarta-feira, 12 de março de 2008 – 21:09 hs

    Para o outro professor:
    Voce tem a minima ideia o seria -dessepais- se esta turma de “torturados”tivesse tomado o poder? Aposto que voce nao estaria ai livre a tecer comentarios impensados,
    Vide cuba e outros.
    Saude meu caro.

  9. Che
    sexta-feira, 14 de março de 2008 – 11:32 hs

    O movimento estudantil com toda a certeza tem uma história muito importante! Mas estes pseudos representantes estudantis que estiveram na escolinha não possuem nenhuma atuação de fato! São uns caras que estão longe daqueles que realmente brigaram por democracia.São uns mané! Como podem representar alguém se nunca frequentam os bancos escolares? Como podem representar a opinião dos estudantes se quase ninguém ouve falar na UNE. São na verdade, o movimento estudantil de gabinete! O personagem do novela das 8 da globo é um bom exemplo desses pseudos líderes estudantis atuais. Brigar pra quê se ganho um cascainho? E sem falar dos congressos da UNE, que todos sabem que é uma marmelada! Os estudantes de verdade não participam desta entidade, o que é uma pena!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*