Pulou de galho | Fábio Campana

Pulou de galho

Hermes da Fonseca, não o marechal e ex-presidente da República, mas o ex-deputado e militante histórico do PT, deixou a nau de Lula e se filiou ao PMDB.

Conveniências da candidatura à prefeito de Cornélio Procópio.


3 comentários

  1. iguinorante
    segunda-feira, 31 de março de 2008 – 20:01 hs

    Antes eu até via diferença entre o PT e o PMDB, acreditava que o PMDB era do tipo que vai na onda de quem dá mais, e o PT tinha um poco mais de escrúpulos. Hoje em dia,… humm…continuo um iguinorante!!!!!!!!

  2. Whisky com Soda
    terça-feira, 1 de abril de 2008 – 9:47 hs

    Hermes e João. Dois irmãos. O primeiro no PT e o segundo no PMDB. O primeiro por oportunismo foi para o PT pois não tinha chances de se eleger para deputado estadual com seu cacife. Ganhou pela quantidade de votos na legenda. O segundo foi um prefeito medíocre de Cornélio Procópio.
    Agora o prefeito Amin está no PP e queria ir para o PMDB. Foi punido pelo corpo mole na campanha.
    E o Messias, irmão de sangue de Hermes, continua no governo Requião lá na Secretaria de Trabalho ao lado de Fernando Pepes. O primeiro do PT e o segundo do PMDB.
    Cornélio não se entende.

  3. brederondes
    terça-feira, 1 de abril de 2008 – 16:34 hs

    será que se eleito vai levar toda a família de volta ao poder? pq, minha nossa, esse gosta de um nepote-aspone

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*