Preso menor que matou a professora Binha | Fábio Campana

Preso menor que matou a professora Binha

Um adolescente de 17 anos detido ontem, em Pinhais, confessou o assassinato de Maria Benigna Martinelli de Oliveira, pró-reitora da Universidade Federal do Paraná, na última sexta feira.

O adolescente preso delatou dois envolvidos no assassinato. Aírton dos Santos, de 39 anos, e Sérgio Ferreira, de 26. Foram apreendidos os capacetes e a moto utilizada no crime. Os três pretendiam roubar o dinheiro, R$ 4 mil, que a professora Maria Benigna retirara de uma agência do Banco Itau para pagar operários que faziam reforma em sua casa.

Diante da repercussão do crime na opinião pública, a Secretaria de Segurança organizou força policial conjunta entre Cope (Centro de Operações Policiais Especiais), delegacia de Furtos e Roubos, delegacia de Homicídios e serviço reservado da Polícia Militar oara investigar a morte da pró-reitora.

A elevação dos índices de violência e criminalidade é assustadora. Os deputados da Comissão de Segurança Pública da Assembléia se reúnem na segunda-feira para tratar da convocação do secretário de Segurança, Luiz Fernando Delazari para dar explicações.

Delazari não tem respondido aos pedidos de informação da Assembléia e, recentemente, o governador Requião vetou projeto de lei que obrigaria a divulgação dos dados sobre violência e criminalidade no Paraná.


Um comentário

  1. Zé ninguém ...
    quinta-feira, 13 de março de 2008 – 23:09 hs

    isto é incrível …. quando alguma celebridade ou rico é atingido por algum tipo de violência, a SESP comandada pelo Sr. Delazari Filho age rapidinho… e desvenda o caso …

    No mais, é só omissão …. Estamos bem de governo .. são só aparências ….infelizmente ….

    p.s: dois jovens estão presos desde dez/2006 (são inocentes) e nada do Sr. Delazari Filho dar bola para o caso. Também pudera: são pobres e simples mortais … ???

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*