Polícia prende falsários de títulos de filantropia | Fábio Campana

Polícia prende falsários de títulos de filantropia

A Polícia Federal prendeu hoje sete membros do Conselho Nacional de Assistência Social acusados de fraudar a concessão de títulos de filantropia para desviar verbas federais. Um deles, no Paraná.

Entre os presos está o presidente do Conselho, Silvio Iung. Os títulos concedidos permitem a empresas, fundações ou ONGs a descontos nos impostos e a receber verbas federais destinadas a obras sociais.

Cinco foram presos em Brasília, um no Paraná e um no Rio Grande do Sul. A polícia, neste momento, faz buscas no prédio do Ministério da Previdência para apreender documentos na sede do Conselho. A ação foi batizada de Operação Fariseu.

No CNAS são decididos todos os pedidos do país para a concessão de títulos de entidades filantrópicas. Com esse títulos, as entidades passam a ter direito a pagar menos impostos. São cobertos pelo conselho desde hospitais beneficentes a faculdades privadas que oferecem bolsas de estudo.


Um comentário

  1. Messias Colin
    quinta-feira, 13 de março de 2008 – 12:09 hs

    Segundo a PF o nome da operação é inspirado no seguinte versículo bíblico: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de todas a imundícia”.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*