Requião perde na Justiça | Fábio Campana

Requião perde na Justiça

Requião pode continuar a apresentar o programa conhecido como escolinha das terças, ou Terça Insana, como o chama o humorista Solda. Mas continua proibido de fazer autopromoção e de achincalhar os adversários e desafetos através da TV Educativa. A decisão foi por unanimidade no Tribunal Regional Federal da 4a Região, em Porto Alegre.

Além de tudo, Requião terá que pagar a multa de R$ 200 mil por ter descumprido determinação do desembargados federal Edgard Lippmann Junior.

Requião ainda pode recorrer dessa decisão no Supremo Tribunal de Justiça.


3 comentários

  1. Eduardo Koloski
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008 – 17:09 hs

    Senhor Fabio Campana eu sou apolítico:
    Mas uma coisa me incuca.
    Porque não se fala nada sobre ações dos que se sentiram ofendidos pelo governador, o processando por calunias?
    E sim só uma proibição de falar o que pensa?
    Será que é porque, como ele fala, que cortou a verba das propagandas, e a mídia paga se revoltou?
    Porque a sua sistemática de ataque ao governador é sem lógica porque parte do principio apenas de acusação de toda ação do governador, como se tivesse levando algum prejuízo.
    Com o ataque a máfia dos bingos ou das multinacionais dos trangênicos etc.
    Ou estou errado?

    Eduardo

  2. Alessandro
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008 – 9:18 hs

    Isso é corporativismo do Ministério Público contra Requião…
    O problema que juiz está acima de deus no Brasil….

  3. Jose Carlos
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008 – 11:46 hs

    Isso é o estado democrático de direito em ação. Aqui não é Cuba, onde o ditador de plantão pode falar o que quiser, utilizando-se dos recursos públicos, pagos com dinheiro do contribuinte. Coisa pública é para servir ao coletivo, não para agir a serviço do mandão da vez…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*