Rangel tem provas contra Pisseti | Fábio Campana

Rangel tem provas contra Pisseti

O deputado Marcelo Rangel, do PPS, conseguiu provas de que o secretário de Comunicação Social, Airton Pisseti, viajou onze vezes ao Paraguai em dias úteis. Rangel vai levar os documentos que conseguiu na empresa Gol à reunião da Comissão de Comunicação na terça-feira e pedirá que se faça oficialmente ao Governo o seguinte pedido de informações:

1) O governador Roberto Requião autorizou o funcionário a se ausentar do país em todas estas ocasiões?

2) Se positivo, fornecer os documentos assinados e as publicações no Diário Oficial.

3) Por quais motivos o secretário foi autorizado a se ausentar do País?

4) Os dias em que ele estava fora foram descontados de seus vencimentos?

Marcelo Rangel diz que se o governo não responder, ficará provado que tanto Requião como Pisseti desrespeitaram a Constituição do Brasil. Segundo o deputado, Pisseti comprou as passagens com cartão particular. “Mas não se sabe se lá ele fez despesas com este ou com cartão corporativo. Vamos atrás disso também”, afirmou.


4 comentários

  1. Armando
    quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008 – 23:58 hs

    Não é preciso provas para mostrar que o Pisseti foi mandado para o Paraguai pelo Requião para fazer campanha política. O que ninguém caonsegue é fazer a maioria na Assembléia pensar no interesse público em vez de pensar no interesse do Requião.

  2. mansur
    sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008 – 0:00 hs

    Por que o Pisseti não se demite? A mamata deve ser muito boa.

  3. borba
    sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008 – 0:02 hs

    Onde estão as provas? Esse Rangel faz muito barulho e nada de objetivo. Por que não cuida de coisas mais importantes que pegar no pé do Airton Pisseti que só está no Paraguai ganhando uns trocados.

  4. Fernando Messias
    sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008 – 11:12 hs

    Estou desconfiado que o Pissetti contratou o Rangel para transforma-lo do marketeiro simbolo da esquerda latino-americana. Afinal onde esta na lei que cargo de confiança em comissão tem que dar experiente de 8 horas diarias, ainda mais agora com o advento da informatica. E pior não havendo indicios de que o Estado pagou as despesas de deslocamento. E onde esta escrito que precisa de autorização da AL para deslocamentos de curta duração??? Reitero. Aonde esta escrito na lei? Realmente o Pissetti contratou o Rangel e alguns outros para transforma-lo no marqueteiro simbolo da esquerda latino-americana???

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*