PT discute alianças | Fábio Campana

PT discute alianças

No sábado, o PT paranaense se reúne em Curitiba para tratar das alianças para as eleições deste ano. Tema que deverá aquecer asdisputas internas para escolha do candidato à prefeitura da Capital: se a presidente estadual da legenda, Gleisi Hoffmann, se a liderança dos movimentos populares, Luiz Herlain, ou o deputado estadual Tadeu Veneri.

Para a presidente do PT, são três objetivos distintos que fazem com que um partido político firme alianças e esses motivos precisam ser levados em consideração no debate de sábado: vencer as eleições majoritárias, eleger uma boa bancada no Legislativo e governar de acordo com seus princípios e metas.

“Um partido que tem hegemonia entre o eleitorado não precisa de alianças para ganhar uma eleição e esse não é o caso do PT de Curitiba”, diz Gleisi. Ela reforça que o seu partido tem consciência da necessidade de fazer alianças estratégicas, mas preservando os programas e as metas partidárias. “Não podemos fazer uma aliança a qualquer custo e nem ganhar a qualquer preço e é justamente por isso que o PT discute amplamente e decide de forma coletiva cada um dos seus passos”, completa.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*