Pobre campeonato | Fábio Campana

Pobre campeonato

O Atlético é muito superior aos demais times deste indigente campeonato paranaense de futebol que nem deveria existir. Na ponta do lápis, dá prejuízo aos grandes clubes porque a TV local não quer pagar o que vale o espetáculo. No sábado, o placar do estádio de União da Vitória não tinha o número oito para pendurar. O marcador desistiu de assinalar o oitavo gol do Atlético. Agora, a campanha de onze jogos com vitória se iguala ao do Furacão de 1949.


2 comentários

  1. Renato
    segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008 – 12:14 hs

    Será que não há um dirigente iluminado capaz de ver o que todos vêem? Este campeonato paranaense só consegue ser mais interessante do que desfile de escola de samba em Curitiba. Minha sugestão: façam um campeonato paranaense para ser jogado com times juvenis, nos moldes da Copa São Paulo Junior. Daríamos chance aos garotos e poderiámos encher os bolsos dos clubes, empresários e diretores com o surgimento de novos valores. Fosse desta maneira, quem sabe, Alexandre Pato não teria estourado em nosso estado.

  2. Jose Carlos
    segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008 – 15:01 hs

    Em que pese a belíssima campanha do nosso Furacão, ainda temos que analisar os resultados. Em 49 o Atlético venceu com bom placar, times fortes como o Ferroviário e Britânia e aplicou uma goleada histórica de 5 a 1 no seu maior rival, o hoje cambaleante coxa. Então, sem dúvida é Furacão, mas, por enquanto, é de categoria 1, não de categoria 6, com o glorioso de 49.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*