Viajou | Fábio Campana

Viajou

O deputado Valdir Rossoni está indignado. Descobriu que de janeiro a novembro do ano passado, o governador Requião e seus assessores gastaram R$ 1,5 milhão em viagens. As diárias e ajudas de custo totalizaram R$ 463.000, as passagens R$ 51.000 e as viagens internacionais custaram R$ 143.000.

Mamata

Desse total, R$ 876.000 foram pagos com cartão corporativo. Os dados foram tirados do site Gestão do Dinheiro Público.


5 comentários

  1. Sítio do Requião
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2008 – 10:23 hs

    Se o deputado Valdir Rossoni ficou indignado com as contas de janeiro a novembro de 2007, ele vai ficar estarrecido com as contas da Operação Verão, que começou no dia 19 de dezembro e vai até depois do carnaval. É que a rapaziada comissionada ta mandando ver no cartão corporativo para veranear com a família e trabalho que é bom nada. E Viva o Verão ou será Requião.

  2. jango
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2008 – 10:27 hs

    E quais foram os benefícios que estas “viagens” trouxeram para o povo paranaense ? E as autoridades de controle público também “viajaram” nesta gastança nada cobrando dos ilustres “turistas”. Êta incentivo ao gasto perdulario do dinheiro suado do povo paranaense. Êta povão bão de voto do Paraná !

  3. J. A. REZZARDI
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2008 – 11:21 hs

    É impossível não reconhecer a importância do trabalho fiscalizador que o deputado Rossoni está fazendo. Graças a ele e ao jornalista Campana que nós – eleitores paranaenses mais atentos – tomamos algum conhecimento das falcatruas, mandos e desmandos “cubanos”, sim, algum, porque a maioria passa batido, com a conivência de muitos. Rossoni merece o nosso reconhecimento… na hora certa. Avante, Campana, com a publicação das descobertas do Rossoni!!!

  4. Rufião D.
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2008 – 15:11 hs

    Lula uma vez disse: As exportações para a África aumentaram em 50% depois da minha visita.
    Sendo que as exportações brasileiras para a África não representam nem 0,5% do total de exportações, mesmo depois desse aumento.
    Exemplo mestre que esses passeios são meramente turísticos.

  5. Cossaco, o Retorno
    segunda-feira, 7 de janeiro de 2008 – 11:00 hs

    Mais caras são as outras viagens do poltrão, como, por exemplo, aquelas na maionese, todas as terças na TV do bobo, quer dizer, do povo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*