Mais uma derrota | Fábio Campana

Mais uma derrota

O astrólogo de Requião não consegue explicar a péssima fase. Uma derrota depois da outra. Ontem, o STF colocou uma pá de cal nas esperanças do Duce para acabar com a multa mensal de R$ 5 milhões aplicada pela União ao Paraná pela falta de pagamento dos títulos podres empurrados ao Itau na privatização do Banestado.

Ontem, seis dos 11 ministros do STF já tinham votado contra a pretensão de Requião. Pior. O relator do processo, César Peluzo, criticou os argumentos apresentados pelo Paraná. Disse que “há graves indícios de má-fé do governo do Paraná, que fez declarações falsas para induzir o relator a erros”.

Satisfeitos estavam os inimigos dentro do governo da procuradora Geral do Estado, Jozélia Broliani. A caterva acredita que a derrota levará Requião a culpar a Procuradora, podendo defenestrá-la nas mudanças de governo previstas para o início do ano que vem.


3 comentários

  1. Jose Carlos
    sexta-feira, 7 de dezembro de 2007 – 9:54 hs

    O Judiciário é nossa esperança contra este ditador de província… Há em curso manobras para aniquilar os precatórios emitidos pela Fazenda Pública do Paraná e que não são pagos há anos… A Provincia do Paraná é uma das maiores caloteiras do país e o arquiduque Fanfarrão conseguiu arruinar suas finanças..

  2. CORREGEDOR
    sexta-feira, 7 de dezembro de 2007 – 13:56 hs

    O Requipotrão pode nomear aquela acadêmica de direito boboca que não paga pedágio para Procuradora-geral do Estado.

    Será o encontro da girolas com o doidivanas à custa do contribuinte bão de voto do Paraná cansado de guerra.

  3. álvaro
    sexta-feira, 7 de dezembro de 2007 – 15:33 hs

    Boa essa CORREGEDOR.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*