Limpeza ideológica | Fábio Campana

Limpeza ideológica

A rapaziada do PMDB estuda o futuro e percebe que as esperanças de bom pasto são poucas após o fim do ciclo Requião.

Há, na famiglia e agregados o medo de perder, inclusive, o controle do partido, o que não é de somenos para quem está na planície. O PMDB, mesmo em épocas ruins, sempre foi uma ferramenta importante para chegar ao poder.

Acontece que o partido nasceu como frente de oposição ao regime militar e hoje é frente que abriga todo o tipo de político e de interesse, incluídos os espécimes que se reproduzem rapidamente à sombra do Estado.

Requião em fim de feira, crescem os temores de que o PMDB acabe nas mãos de grupos classificados à direita no espectro que tem Requião e sua troupe à esquerda. É por isso que o secretário estadual, João Arru-da, sobrinho dileto do governador, inicia essa campanha pela limpeza ideológica do partido.

A idéia do moço e dos tios é expulsar os que não concordam com eles em gênero, número, grau e CNPJ. Por exemplo: não há engov habilitado a desopilar o fígado do clã Requião diante da possibilidade do ministro Reinhold Stephanes criar as condições para ser candidato a governador em 2010.

Outro quadro adverso para a famiglia é a da ascensão natural do time de Orlando Pessuti, o vice, quando este assumir o cargo de governado e tocar o barco independente de Requião. Ora, pois, a manobra da limpeza ideológica proposta por Arruda e abençoada pelos tios prevê a redução de infiéis em torno do gover-nador que estará no posto em 2010.

Não esqueceram das dificuldades da famiglia quando Mário Pereira tomou posse em 1994 e substituiu, por conta da austeridade, da eficiência e da sobriedade, irmão, primo e aparentados de Requião. È também o que a turma quer evitar.


2 comentários

  1. edilson novak
    domingo, 30 de dezembro de 2007 – 22:27 hs

    VERGONHA E HUMILHAÇÃO, É O SENTIMENTO QUE OS PARANAENSES SOB A ÉGIDE DA FAMIGLIA REQUIÃO TEM A MOSTRAR AO BRASIL. ALIÁS, A GRANDE FAMIGLIA OU QUADRILHA ESTREIA ESCANDALOS E MAIS ESCANDALOS NO DIA A DIA, E ESTENDE SEUS TENTÁCULOS AOS OUTROS PODERES. ESSA DO JUDICIÁRIO, O ‘QUINZINHO’, DE POSSE DE UM ‘DAS’ E DE UMA APOSENTADORIA SUPERFATURADA, VENDE FAVORES DE
    SUA MULHER – DESEMBARGADORA, AO
    ]EXECUTIVO…QUE DEUS SALVE O PARANÁ

  2. Edilson Novak
    terça-feira, 3 de junho de 2008 – 22:51 hs

    Caro Campana,
    Fazendo algumas pesquisas no Google, encontrei referências a mensagens que teria enviado em dez de 2007 para sua coluna.
    Apesar de concordar com a essência das observações, gostaria de alertá-lo que NUNCA enviei qualquer mensagem para seu site. Como é de praxe, naõ estranho que coisas deste tipo ocorram nesta fase negra em que vivemos no Paraná.
    Em que pese meu nome ter sido citado, eu não teria nenhuma restrição a isto se eu fosse o real signatário das mensagens. No entanto, DUVIDO que o tal de Thomas, que respondeu aos “meus” comentários seja o nome real de alguma pessoa, porque a covardia é padrão nos nossos tempos paranaenses.
    Apreciaria seus préstimos se, no futuro, alguém usando meu nome enviar qualquer tipo de mensagem para você, que sua assessoria verificasse comigo a veracidade da autoria.
    Um abraço,
    Edilson Novak

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*