Abaixo da média | Fábio Campana

Abaixo da média

O desempenho de nossos estudantes de escolas públicas estaduais em exames nacionais e internacionais, como o Pisa, nos coloca nos piores níveis de avaliação. Um vexame que o proselitismo palaciano não consegue esconder.

Para que se tenha idéia de nossa indigência educacional, basta ver que o Brasil está entre os piores do mundo em matemática, leitura e ciências, as três áreas avaliadas. O Paraná está em oitavo entre os estados e oferece o pior ensino do sul do país.


2 comentários

  1. eduardo
    segunda-feira, 31 de dezembro de 2007 – 12:14 hs

    Em primeiro lugar, parabéns, no ultimo dia do ano pelo site e pelo condução do programa qi na tv, que conseque tirar substância de insubistantes, talvez pela própia lei de nada se perde tudo se transforma, mesmo que seu autor tenha passado pela quilhotina.Tive a oportunidade, como professor de Direito Administritivo e em curso de pós graduação em Direito Constitucional, após anos longe das catedras descobrir que alunos formandos ou formados em direito, matéria que exige hermêneutica, que estes, em sua maioria, são absolutamente analfabetos para fazer uma análise mediana de um texto. Esse, ao meu ver é o grande problema do sistema educacional, os professores não foram ensinados a interpretar, mas a ver o resultado objetivo do vestibular, veio o “emburrecimento”, o e reensino não tem preço ou prazo e nessa campo quem tem olho é retardado, pois se um sábio fala com um néscio, perde. Assim, vem a questão: nossas autoridades educacionais têm olhos?

  2. Luiz
    sábado, 5 de maio de 2012 – 18:24 hs

    Deixa assim que é bom para os maus políticos. Quanto mais ignorante é o povo mais fácil de manipulá-lo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*