Rombo no caixa | Fábio Campana

Rombo no caixa

Aqui, na província, o caixa do governo Requião está no limite. E se a emenda 29 for aprovada o governo terá que gastar em saúde os 12% previstos na Constitui-ção. Sem enrolação. Isso vai abrir um rombo de R$ 300 milhões, que o governo terá que tirar de algum lugar. Que tal começar pelo corte das mordomias?


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*