O homem sabe demais | Fábio Campana

O homem sabe demais

Desse pântano em que o governo Requião se meteu desde que os inimigos de Botto de Lacerda, ex-Procurador Geral do Estado, decidiram afrontá-lo, pode ainda emergir muita safadeza. O depoimento do senhor Malick, representante da Vivendi e do consórcio Dominó, teria revelado ao homem a tentativa de extorsão que a rapaziada mais íntima do governador lhe fez. Um pedido modesto. Alguns milhões para levar a Copel a comprar as ações do consórcio.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*