Lixo | Fábio Campana

Lixo

O lixo virou um dos melhores negócios nesta área do planeta. A tentativa de Requião de emplacar a Sanepar na gestão dos consórcios que vão cuidar do tratamento de resíduos sólidos no Paraná tem a ver com interesses gigantescos de empresas do setor.


Um comentário

  1. jango
    terça-feira, 13 de novembro de 2007 – 19:50 hs

    Qual o problema do lixo ou resíduos sólidos ser um dos melhores negócios no planeta ? O mundo está sendo ou será soterrado em lixo graças aos ditos “gestores governamentais” em todos os níveis de governo. O problema do problema do lixo tem sido, sim, a ineficiência e a ineficácia de governos e governantes nesta área. Agora, se a iniciativa privada tem soluções (elas por acaso vem dos governos ?) e estas soluções são honestamente lucrativas, o que cabe aos governos é exigir condições adequadas e controlá-las com eficiência, estabelecendo mecanismos facilitadores e não complicadores da atividade privada. Graças aos Céus que o lixo dá lucro para alguém na sociedade que vai cuidar do problema. O que não tem dado lucro para o povo são os governos, veja-se o custo do voto do povo do Paraná com o passivo bilionário das ações perdidas contra o pedágio ! Ou teremos outra campanha pré-eleitoreira “o lixo não dá lucro ou acaba” ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*