Adiamento | Fábio Campana

Adiamento

Falta de leitos em UTIs, falta de remédios, falta de médicos, falta de tudo e a constatação de que a realidade é aterrorizadora e nada tem a ver com o mundo oferecido pela retórica oficial. Esta situação, tantas vezes divulgada pelo promotor de Justiça Fuad Faraj vai atrasar uma semana para chegar aos deputados da Comissão de Saúde da Assembléia, presidida por Ney Leprevost.

O relatório sobre a situação dos serviços de saúde pública na região de Ponta Grossa só serão entregues no dia 21 de novembro. O adiamento se deve ao pedido do novo secretário de Saúde, Gilberto Martin, que pretende participar da reunião na Comissão de Saúde da Assembléia. O que não deixa de ser um avanço, pois o secretário abterior, Cláudio Xavier, fazia de conta que o assunto não era com ele.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*