Quase na faixa | Fábio Campana

Quase na faixa

É possível almoçar quase na faixa na capital do Paraná. O restaurante Popular de Curitiba funciona desde agosto na praça Rui Barbosa, bem no centro da cidade, e desde então vende almoço a R$ 1,00. Sim. Hum real. Nestes dias de outubro, alcançou o recorde de duas mil refeições servidas por dia.

“Isto é prova de satisfação com qualidade e preço, principalmente porque é um equipamento que atende a uma parcela carente da população”, discursa Beto Richa.

Para quem ainda não conhece o restaurante Popular, é bom saber que o cardápio é elaborado por nutricionistas e contém carnes, massas, verduras, legumes, cereais. Além de uma fruta da época como sobremesa.

Semana passada o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome liberou R$ 2,4 milhões para a prefeitura de Curitiba implantar dois novos restaurantes populares. Um será na CIC. O outro no Sítio Cercado. Essas duas novas unidades devem ter 700 metros quadrados cada, com capacidade para produzir e servir mil refeições ao dia.

O investimento é de ordem prática, suprapartidário, voltado para a melhoria de vida dos mais pobres. Não se trata de agrado do PT ao prefeito de Curitiba. Nem a homenagem recebida por Beto Richa na quinta-feira, na Usina de Itaipu, dirigida pelo petista Jorge Samek. Ainda há políticos nesse Brasil que separam eleição de administração.

O governador Requião não entende como pode acontecer. Curioso foi ver semana passada na tela da Paraná Educativa, em meio à escolinha de Requião, o ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, elogiar a Prefeitura de Curitiba, enquanto Requião fazia de tudo para desqualificar a gestão Richa.


2 comentários

  1. Rufião D.
    segunda-feira, 15 de outubro de 2007 – 13:09 hs

    Administrar bem uma capital, sem o apoio do governo não é coisa fácil. Ainda bem que Richa não se rende ao Reiquião ecom jeitinho vai fazendo muito bem o trabalho de prefeito.

    Requião não sabe separar eleição, de gestão governamental e de vida pessoal.

  2. Admilson
    segunda-feira, 15 de outubro de 2007 – 13:13 hs

    Para a sorte do povo curitibano, o governo federal não fas represalias aos adiversarios, ai esta o exemplo onde o beneficiado sempre é o POVO!!!!!!!!!!!! Xapoca

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*