Para a imprensa, um ônibus | Fábio Campana

Para a imprensa, um ônibus

Um ônibus. Mas não é sorteio, como já aconteceu em edição da escolinha. Um ônibus. Eis o meio de transporte que o governo Requião oferece a todo e qualquer jornalista que tenha interesse em participar da cobertura da inauguração do primeiro terminal público de álcool do Brasil, no Porto de Paranaguá. Há 44 vagas. A lotação deve sair amanhã às 13 horas e retorna às 17 horas. Os profissionais de imprensa terão, lá em Paranaguá, a oportunidade de fazer perguntas para o ministro de portos, Pedro Brito, o governador Roberto Requião, o superintendente dos portos Eduardo Requião e outras autoridades.


2 comentários

  1. James
    segunda-feira, 22 de outubro de 2007 – 17:04 hs

    Quem vai no ônibus pode fazer qualquer pergunta? Qualquer uma?

  2. José Antônio Rezzardi
    terça-feira, 23 de outubro de 2007 – 13:30 hs

    Pode, James! Mas se a pergunta não agradar é bem possível que o jornalista infeliz não possa mais voltar… no mesmo ônibus, claro!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*