O arauto da Reforma Política | Fábio Campana

O arauto da Reforma Política

Coube ao ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, ser o arauto da Reforma Política que  Lula diz nos bastidores ser urgente e necessária. E Bernardo deixou escapar em entrevista para a jornalista Miriam Leitão que o Planalto exigirá do Congresso ações nesse sentido:

Esse é o Congresso que saiu das urnas. Não queremos administrar o Congresso. Mas apenas a relação com o Congresso. Já fizemos mudança com o apoio do Congresso e ele sempre melhorou as decisões que foram enviadas para lá. Mas precisamos fazer uma boa reforma política.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*