Não ofende | Fábio Campana

Não ofende

A senhora Lunardon, da secretaria de Administração, ainda não respondeu à seguinte pergunta: os funcionários admitidos pelo governo Requião pelo Processo de Seleção Simplificado, sem concurso público, estão incluídos entre os 70 mil novos contratados?


Um comentário

  1. jango
    sábado, 20 de outubro de 2007 – 20:04 hs

    É uma grande massa de pelegos que nada contribuem para o eficiência da administração estadual. Em qualquer repartição do Estado o cidadão hoje é atendido por estagiários e contratados, as chefias são de comissionados, enquanto os quadros técnicos e administrativos estão à mingua. A Secretaria Lunardon é advogada, procuradora de Estado, então, cadê a observância dos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, razoabilidade, eficiência, motivação e economicidade insculpidos na Constituição Estadual (art. 27), pelos quais deve se pautar a administração pública. Seguimos a Constituição ou seguimos em frente, eis a questão hamletiana do Estado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*